Escola de Comando e Estado Maior do Exército realiza videoconferências internacionais

A Escola de Comando e Estado Maior do Exército (Eceme), ministrou no dia 28 de maio de 2019, duas videoconferências internacionais. As tecnologias digitais de ponta disponíveis na escola têm favorecido a busca do conhecimento além das fronteiras do país, reduzindo as barreiras do espaço e do tempo.

A primeira videoconferência, ministrada pelo general de Divisão do Exército Peruano, Jose Daniel Williams Zapata, tratou da operação de resgate de reféns Chavin de Huantar, ocorrida em Lima, em 1997. Na operação, o gen Williams comandou a força de intervenção responsável pelo resgate.

Na sequência, foi ministrada videoconferência pelo coronel Alexandre Visacro, Oficial de Ligação de Doutrina do Exército Brasileiro (EB) junto ao Centro de Armas Combinadas do Exército dos Estados Unidos (Cascom).

Sua abordagem versou sobre as Operações de Informação, e ambas intervenções remotas destinaram-se aos alunos do 2º ano do Curso de Comando e Estado-Maior.

As atividades se inserem no transcorrer do estudo da Força Terrestre Componente em Operações em Situação de Não Guerra, que contemplam complexos ambientes operacionais, nos quais as dimensões humana e informacional ganham destaque sobre a dimensão física.

Para o êxito desses eventos, outros setores da Eceme foram essenciais: a Divisão de Apoio ao Comando, por intermédio da Seção de Informática, prestou o suporte de Tecnologia da Informação necessário, viabilizando as transmissões eletrônicas.

A Seção de Ciências Gerais se fez presente na videoconferência peruana, prestando suporte de idiomas. Os apoios de diferentes organismos desta escola confirmaram a importância da integração escolar na consecução de empreitadas de maior envergadura.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Com informações da Eceme


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below