EUA abandona oficialmente o tratado de defesa ‘Céus Abertos’

O acordo surgiu logo após o fim da Guerra Fria com o objetivo de verificar os movimentos militares e as medidas de controle de armas dos países signatários

Os Estados Unidos anunciaram ter abandonado formalmente o tratado de defesa “Céus Abertos” neste domingo (22), um dos vários acordos internacionais rescindidos pelo governo Donald Trump.

O acordo Céus Abertos surgiu logo após o fim da Guerra Fria com o objetivo de verificar os movimentos militares e as medidas de controle de armas dos países signatários. Trump, porém, disse em maio que a Rússia não cumpriu seus compromissos no acordo, que foi projetado para aumentar a confiança entre as superpotências.

“A saída dos Estados Unidos entrou em vigor em 22 de novembro, e os Estados Unidos não são mais um Estado parte do Tratado de Céus Abertos”, anunciou o Departamento de Estado neste domingo.

O acordo foi assinado em 1992 e entrou em vigor em 2002, permitindo que 35 países signatários, incluindo Estados Unidos e Rússia, realizassem sobrevoos de observação sobre os territórios uns dos outros.

Moscou e Washington se acusaram mutuamente de violar os termos do acordo e, em maio, o governo Trump deu o aviso prévio de seis meses para abandonar o pacto. Desde que Trump chegou ao poder em 2017, os Estados Unidos desistiram do acordo nuclear iraniano, bem como do tratado de Paris contra a mudança climática.

  • Com informações da agência AFP


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: