EUA enviam caças F-35B para implementação a bordo de porta-aviões HMS Queen Elizabeth

O porta-aviões será enviado ao Leste Asiático e passará por países tais como Índia, Japão e Coreia do Sul. A ideia e preparar as equipes britânicas a bordo do HMS Queen Elizabeth, como parte do grupo de ataque Carrier Strike Group 21

blank

Google News

Nesta quarta-feira (28), o Pentágono, através de um comunicado, informou que vai enviar oito caças F-35B para o Reino Unido antes de uma implementação recorde da força de ataque conjunta, a bordo do novo porta-aviões da Marinha Real britânica, o HMS Queen Elizabeth.

“A aeronave de quinta geração do Corpo de Fuzileiros Navais voou mais de oito mil quilômetros de sua base no Arizona até a Royal Air Force Lakenheath, no Reino Unido, antes de sua implantação combinada com o mais novo porta-aviões britânico”, disse o comunicado.

Na mesma nota, o Pentágono acrescentou que o esquadrão vai conduzir o treinamento final para implantação a bordo do HMS Queen Elizabeth como parte do grupo de ataque de porta-aviões, conhecido como Carrier Strike Group 21 (CSG-21). A implantação formará o maior grupo aéreo embarcado de quinta geração do mundo, diz o comunicado.

“Agora que chegamos ao Reino Unido, estamos nos reintegrando aos nossos homólogos britânicos e focados em fornecer ao CSG-21 e aos combatentes dos EUA aeronaves de quinta geração prontas e com capacidade de combate”, disse o tenente-coronel Andrew D’Ambrogi.

O HMS Queen Elizabeth, o navio mais poderoso da história da Marinha britânica, carregará no convés oito caça F-35B Lightning II, quatro helicópteros de ataque marítimo Wildcat, sete helicópteros antisubmarino Merlin Mk2 e três helicópteros de comando Merlin Mk4.

Devido a delicada situação com a China na região, o secretário de Defesa britânico, Bem Wallace, declarou na última segunda-feira (26) que a passagem do HMS Queen Elizabeth não tem a intenção de provocar Pequim, mas sim de mostrar que o Reino Unido está pronto para “ter um papel mais ativo na construção do sistema internacional do século XXI com seus aliados”.

  • Com agências internacionais


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: