Evento duplo da Marinha do Brasil marca cerimônia “Dia do Marinheiro – PROSUB 2020” no Rio de Janeiro

Durante a cerimonia o presidente da República enalteceu ser "um presidente cristão que respeita seus militares e deve lealdade absoluta ao povo"

blank

A Marinha do Brasil (MB) realizou na manhã desta sexta-feira (11), cerimonia alusiva ao Dia do Marinheiro com um evento duplo; quando o submarino S-41 Humaitá foi batizado e lançado ao mar, e o S-42 Tonelero teve sua última fase complementada, com a integração total de suas seções, simultaneamente.

O Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), lançado em 2008, prevê investimento total de R$ 37,1 bilhões, incluindo quatro embarcações de propulsão convencional (diesel-elétricos) e uma quinta de propulsão nuclear, com previsão de entrega somente em 2031 e cuja produção é, no mínimo, desafiadora.

blankA cerimônia contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, que na abertura de seu discurso destacou que o Brasil tem “um presidente cristão que respeita seus militares e deve lealdade absoluta ao povo (…) buscando fazer a coisa certa, além disso sou um patriota e defendo a democracia, a liberdade, já que externar a verdade não são coisas fáceis, mas nós somos persistentes. (…) O Brasil está mudando. Nós venceremos. Não é fácil, mas vamos conseguir”, disse.

Acompanhava o presidente os ministros Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia). O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), também estava presente.

blankO evento fora presidido pelo comandante da Marinha, almirante de esquadra Ilques Barbosa Junior, que durante sua fala enfatizou as conquistas tidas. “No ano de 2020, estamos em mar grosso, devido ao novo coronavírus. No entanto, como sempre, as tarefas da Marinha continuaram a ser cumpridas. Os Marinheiros, Fuzileiros Navais e servidores civis permanecem serenos, firmes e perseverantes e, sobretudo, engajados em pleno apoio a nossa sociedade”.

Ainda durante a apresentação do comandante da Marinha, um vídeo do ex-ministro da Marinha, almirante de esquadra (R/R) Alfredo Karam, foi visto pelos presentes, onde o ex-ministro exaltou as conquistas recentes da MB.

blankTambém falou aos convidados, o presidente da Itaguaí Construções Navais (ICN), André Portalis, onde o mesmo parabenizou os funcionários da ICN, os industriais parceiros do PROSUB, a MB e a Marinha Francesa, que apoia o Programa. “Nada seria possível aqui, hoje, sem a grande criatividade, motivação, capacidade do povo brasileiro. Apesar de todas as dificuldades deste ano, missão cumprida”.

O presidente Bolsonaro durante seu discurso, destacou o aprimoramento da prontidão da Marinha. “Estamos testemunhando esse feito da nossa Força Naval, que, inspirada no legado de Tamandaré, conduz o PROSUB, concebido com o propósito de robustecer o Poder Naval e de contribuir para o fortalecimento da Estrutura Nacional de Defesa. Enalteço o trabalho honrado e ininterrupto de cada um de vocês que servem com destemor e determinação nas organizações militares da nossa Marinha”.

blankA cerimônia incluiu, ainda, registros do estágio atual de montagem do Submarino “Angostura”, o quarto submarino do PROSUB, e dos avanços no desenvolvimento do protótipo da planta de propulsão do Submarino “Álvaro Alberto”, o primeiro convencional brasileiro com propulsão nuclear.

Na oportunidade, o Ministério das Comunicações e os Correios lançaram o selo personalizado e o carimbo comemorativo em homenagem à integração do Submarino “Tonelero”.

Além do Navio Doca Multipropósito ‘Bahia’, da Corveta ‘Barroso’ e do Submarino ‘Tupi’ da MB, que estavam presentes ao evento, o USS “Vermont”, Submarino de Ataque com Propulsão Nuclear da Marinha dos EUA , que realizou, nos últimos dias, exercício operativo no mar com o Submarino “Tupi”, abrilhantou a cerimonia.