Ex-soldado Fuzileiro Naval assume o comando do Batalhão de Operações Policiais Especiais de Santa Catarina

Depois de 9 anos integrando o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) de Chapecó, o tenente-coronel da Polícia Militar, José Ivan Schelavin, assume o comando do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), sucedendo ao major PM, Yuri Bento Brandão, que estava à frente da unidade há cerca de um ano. O ato foi acompanhado pelo comandante da PMSC, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, do subcomandante-geral, coronel Cláudio Roberto Koglin, e do comandante do Comando de Apoio Especializado da Polícia Militar (CAEPM), coronel Renato Cruz Júnior e outras autoridades.

A cerimônia de posse do novo ocorreu no último dia 25 de janeiro. O novo comandante, que assume a função, é oriundo do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público, de Chapecó, onde esteve lotado nos últimos 9 anos. O tenente-coronel Schelavin foi soldado Fuzileiro Naval da Marinha do Brasil, em 1990, sargento da PMSC, em 1993, e é “caveira” da PMSC o turno de 2001, entre alguns dos cursos de seu currículo. Além do histórico militar, o novo comandante também é bacharel em Direito e membro da Academia de Letras dos Militares Estaduais de Santa Catarina (Almesc). É autor do livro “A Teia do Crime Organizado – Documentário sobre a Força Nacional de Segurança Pública – Operação Rio de Janeiro, 2011”.

  • Com informações do site Michel Teixeira Notícias (SC)

8 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below