Exercício ACE da USAF na Polônia emprega esquadrões de F-15s, F-16s e C-130s

blank
Um F-15E Strike Eagle designado para o 492º Esquadrão de Caça decola para o exercício Agile Liberty na Royal Air Force Lakenheath, Inglaterra, 19 de abril de 2021. O 48º Fighter Wing está participando de um exercício Agile Combat Employment para aumentar a capacidade de sobrevivência enquanto gera combate potência. Foto de Jacob Wood/USAF.

Google News

A presença da força rotativa da USAF (Força Aérea dos Estados Unidos) na Polônia permite que a OTAN, os Estados Unidos e seus aliados estejam preparados para responder decisivamente a uma série de ameaças globais e apoiar melhor as operações aéreas.

Foram designadas para participar do exercício aeronaves da USAF, F-15E Strike Eagle do 492º Esquadrão de Caça e 493º Esquadrão de Caça, 48ª Ala de Caça, RAF baseados em Lakenheath, Inglaterra; Aeronave F-16 Fighting Falcon atribuída ao 480º Esquadrão de Caça, 52ª Ala de Caça, baseados em Spangdahlem, Alemanha; e a aeronaves C-130J Super Hercules designadas para o 37º Esquadrão de transporte aéreo, 86ª Ala de Airlift, Base Aérea de Ramstein,

O ACE é um esquema de manobra operacional pró-ativo e reativo executado dentro dos prazos de ameaças para aumentar a capacidade de sobrevivência enquanto gera poder de combate. As Forças Aéreas dos EUA na Europa e as Forças Aéreas da África estão operacionalizando os conceitos ACE para aumentar a agilidade, a resiliência e a letalidade em todas as operações aéreas.

O 48º FW e o 52º FW irão operar a partir do 32º AB Tático, Łask, e do 31º AB Tático, Krzesiny, Polônia. A 86ª AW operará em Chièvres AB, Bélgica, para dispersar, organizar e gerar transporte aéreo para o evento ACE.

Após o exercício ACE, o 48 FW conduzirá treinamento bilateral com a força aérea polonesa para manter a prontidão conjunta enquanto constrói capacidades de interoperabilidade.

blank
O capitão Chase ‘CHIP’ Chapman, piloto do 492º Esquadrão de Caça, desempenha funções de chefe de tripulação durante as verificações pré-voo durante um exercício Agile Combat Employment, Agile Liberty, na Łask Air Base, Polônia, 20 de abril de 2021. Exercitar elementos de ACE permite aos EUA forças na Europa operem a partir de locais com níveis variados de capacidade e apoio, garantindo que os aviadores e as tripulações estejam posicionadas para fornecer poder de combate letal em todo o espectro de operações militares. Foto da sênior Airmen Madeline Herzog/USAF.

O “ACE” no espaço aéreo do Báltico e nas nações vizinhas é a chave para a defesa e estabilidade regional. Os eventos de treinamento coletivo aumentam a capacidade das forças da OTAN de trabalharem juntas de forma eficaz para lutar em vários locais e responder a quaisquer ameaças.

“Exercícios e implantações que utilizam conceitos ACE garantem que as forças na Europa estejam prontas para proteger e defender parceiros, aliados e interesses dos EUA a qualquer momento”, disse o coronel Jason Camilletti, comandante do 48º Fighter Wing. “Continuaremos a maximizar o treinamento como este para garantir que a Liberty Wing permaneça sempre pronta para dominar os céus.”

https://www.facebook.com/RAFLakenheath/videos/1066493317207781

  • Nota da redação

Inicialmente não existem maiores informações se esse exercício está integrado ao exercício maior “Defender Europe 21” e se estava programado com alguma antecedência. A OTAN e o Comando da USAF na Europa também não divulgaram maiores informações sobre a relação do exercício e as tensões com a Rússia na região do Mar Báltico e/ou Mar Negro e Ucrânia.

No âmbito do exercício “Defender Europe 21” existem muitos outros exercícios menores interligados, mas nem todos estão sendo divulgados com detalhes pelos canais oficiais da OTAN e U.S. European Command.

Por outro lado, exercícios como esse são rotina já a alguns anos desde que a Polônia passou a integrar a OTAN e as aeronaves, F-15E Strike Eagles e F-15C Eagles designados para a 48ª Ala de Caça implantada na Base Aérea de Łask e na Base Aérea de Krzesiny na Polônia estão lá designadas em apoio à Operação Atlantic Resolve, o que causa uma certa dúvida quanto aos conceitos da operação devido à distância óbvia do espaço aéreo do Atlântico Norte.

Abaixo, vídeo ilustrativo sobre a Operação “Atlântic Resolve:

Abaixo, vídeo ilustrativo sobre o ACE, AGILE COMBAT EMPLOYMENT (ACE) Exercise: 

  • Fonte: USAF/48th Fighter Wing, via redação Orbis Defense Europe.


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: