Exercício de defesa aérea do NORAD, Falcon Virgo é executado na capital Washington

O Falcon Virgo é um exercício recorrente e de apoio à Operação NOBLE EAGLE, que dá ênfase à vigilância e ao controle do espaço aéreo do Canadá e dos Estados Unidos.

blank
Operation NOBLE EAGLE

O Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (NORAD) realizou entre os dias 14 e 15 de janeiro o exercício de defesa aérea, Falcon Virgo, que teve uma segunda etapa entre os dias 25 e 26 de janeiro.

Algumas partes do exercício tiveram voos a cerca de 800 metros e puderam ser vistos do solo.  O NORAD conduz rotineiramente exercícios com uma variedade de cenários, incluindo violações de restrição do espaço aéreo, sequestros e respostas a aeronaves desconhecidas.

Entre as aeronaves participantes do exercício estavam, caças F-16 da Força Aérea, uma aeronave UC-35A do Exército, uma aeronave Navy King Air 300, um helicóptero da Guarda Costeira MH-65D Dolphin e uma aeronave de aviação geral Civil Air Patrol Cessna 182T. 

blank

O Falcon Virgo é um exercício recorrente e de apoio à Operação NOBLE EAGLE, que dá ênfase à vigilância e ao controle do espaço aéreo do Canadá e dos Estados Unidos. A defesa da América do Norte é a principal prioridade do NORAD que está permanentemente em alerta 24 horas por dia, sete dias por semana. Este exercício faz parte do programa de treinamento de rotina do NORAD.

Por mais de 60 anos, as aeronaves NORAD identificaram e interceptaram ameaças aéreas em potencial à América do Norte na execução de suas missões de alerta aeroespacial e controle aeroespacial, e mantêm um olhar atento sobre as vias navegáveis ​​internas e abordagens marítimas canadenses e americanas sob sua missão de alerta marítimo.