Exercício de tropas páraquedistas russas captura aeródromo em Volgogrado

Imagem do salto de tropas paraquedistas russas no exercício de Volvogrado realizado dia 17/02. Imagem captura de tela de vídeo do MoD da Rússia.

Google News

Hoje, durante um exercício tático do batalhão das Forças Aerotransportadas no campo de treinamento Danilovsky, na região de Volgogrado, mais de 350 paraquedistas capturaram o campo de aviação de um inimigo ficitício.

Durante a fase ativa do exercício, efetuou-se o lançamento de um destacamento avançado de mais de 350 militares de um batalhão de paraquedistas com equipamento pesado, e, três veículos de combate aerotransportados BMD-2K-AU, com tripulações acompanhantes efetuando salto após o equipamento aterrado em segurança.

Usando os sistemas de pára-quedas para fins especiais “Crossbow-21” a partir de uma aeronave Il-76MD, os militares da unidade de reconhecimento que foram lançados de uma altura de 2 mil metros e realizaram a captura e reconhecimento adicional do campo de aviação do inimigo simulado .

A parte principal da unidade foi lançada de cinco aeronaves Il-76 de uma altura de 600 metros em sistemas de paraquedas D-10.

Posteriormente, após a montagem no local de pouso, o pessoal do batalhão de paraquedistas completou a tarefa de tomar as instalações do campo de aviação do inimigo, destruindo postos de segurança e assumindo o controle do centro de comando e controle (KDP), a pista, depósitos de combustível e armas.

Por meio de ações decisivas, os paraquedistas garantiram a manutenção do campo de aviação para o pouso das principais forças da formação de assalto aerotransportado pelo pouso convencional.

O exercício, que acontece de 15 a 18 de fevereiro na Região de Volgogrado sob a liderança do Subcomandante das Forças Aerotransportadas, Major General Anatoly Kontsevoy, envolve mais de 600 militares, cerca de 50 unidades de militares e equipamentos especiais, oito Il- Aeronaves 76MD e dois bombardeiros de linha de frente Su-24, helicópteros de ataque Mi-28 N “Night Hunter”.

Os militares da Formação de Assalto Aerotransportado de Guardas Kamyshinsky começaram a planejar e se preparar para a operação dentro do escopo do curso de exercício tático de batalhão.

Na primeira etapa, após trazê-los ao mais alto grau de prontidão para o combate, os militares marcharam com equipamentos padrão até a área indicada, onde começaram a planejar as operações de combate.

No decorrer do trabalho das questões de treinamento, uma situação inicial complexa foi criada. O ponto de controle do batalhão mudava periodicamente as áreas de implantação.

Ao coletar e processar informações, avaliar a situação, desenvolver decisões e definir missões de combate, foi amplamente utilizado o sistema automatizado de comando e controle Andromeda-D, que permite abranger todos os níveis de comando e controle das Forças Aerotransportadas do Comando das Forças Aerotransportadas para o veículo de combate aerotransportado e um soldado individual.

No total, o curso que acontece de 15 a 18 de fevereiro deste ano. envolveu mais de 600 militares e mais de 50 unidades de equipamento militar e especial, aeronaves IL-76 MD, bombardeiros de linha de frente Su-24, helicópteros de ataque Mi-28 N Night Hunter, tanques T-72b3, artilharia autopropelida 2S9 Nona armas e obuseiro D-30 de 122 mm.

Abaixo, o vídeo da operação divulgado pelo MoD da Rússia:

  • Fonte: Departamento de Informação e Comunicações do Ministério da Defesa da Federação Russa, via redação Orbis Defense Europe.


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: