Exército Argelino realiza teste com sistema de proteção ativa para seus veículos blindados

O novo sistema é baseado nas tecnologias mais recentes, e possui sensores Ladar conectados por fibra ótica para controle eletrônico

TPz FUCHS 2

O Exército Argelino está realizando teste com sistema de proteção ativa (ADS) em seu veículo blindado TPz 1 Fuchs. O sistema de Proteção avançada de armadura modular / sistema de defesa ativa (Advanced Modular Armor Protection / Active Defense System – AMAP-ADS) é um sistema baseado nas tecnologias mais recentes.

Ele possui sensores Ladar conectados por fibra ótica para controle eletrônico, que envia dados para atuadores instalados ao redor do blindado/veículo. As principais funções do AMAP-ADS:

  • A arquitetura do sistema inclui configuração configurável de sensores e contra-medidas que são instalados como um sistema distribuído, o transformando-o em modular e redundante;
  • Sistema de combate urbano;
  • É o único sistema conhecido que pode derrotar qualquer ameaça lançada de uma distância de menos de 10-15m. Isso é obtido por meio de um sistema de microssegundos que opera com tempos de reação ultracurtos;
  • Sistema de defesa ativa de espectro completo que ataca uma ampla gama de ameaças diretas atuais e futuras, como tiro de RPG, mísseis guiados antitanque, projéteis HEAT e dispositivos explosivos improvisados;
  • A energia contrária do sistema é focada e a dispersão dos fragmentos é limitada, garantindo assim a segurança das tropas amigas.

A mais recente versão AMAP, apresentada em 2012 com a designação ADS CAB, foi instalada na cabine de um caminhão simples. Nesta versão, o peso do sistema foi de 70-90 kg e uma fonte de alimentação de 150 W é necessária para alimentá-lo.

No caso de instalação em um blindado leve, o peso aumenta para 100-200 kg, e a potência – até 250-300 W, para um blindado médio esses valores são 200-350 kg e 350-600 W, e para um blindado pesado – 400-600 kg e 600-800 watts.



Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!