Exército Brasileiro homenageia os militares que tombaram no ataque das FARC’s em 1991

Parentes dos militares brasileiros que tombaram no cumprimento de defender o Brasil! Imagem via Cmdo Fron Solimões/8º BIS.

Por: Redação OD.

Tabatinga (AM) – No dia 26 de fevereiro, foi realizada, na sede do Comando de Fronteira Solimões e 8º Batalhão de Infantaria de Selva (Cmdo Fron Solimões/8º BIS) e nos seus Pelotões Especiais de Fronteira (PEF), a tradicional e ícone cerimônia em homenagem aos heróis que tombaram no Destacamento do Traíra em 1991.


A solenidade marcou os 28 anos da tragédia em que três militares do Batalhão foram covardemente mortos após um ataque surpresa, às margens do Rio Traíra, por guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC). Após essa traiçoeira ação em território brasileiro, foi desencadeada uma grande operação conjunta e combinada, envolvendo as Forças Armadas brasileiras e tropas da Colômbia, a chamada “Operação Traíra”.

A ação foi coroada de êxito, resgatando o material do Destacamento levado pelas FARC e capturando vários dos seus membros que participaram das mortes dos nossos três combatentes.

Os Soldados Sidimar Fonseca MoraesSansão Ramos Gonçalves e Aldemir Lopes de Almeida não pereceram em vão e jamais serão esquecidos. Levaram a “ferro e fogo” o juramento à Bandeira Nacional, em que todo militar do Exército Brasileiro declama, solenemente, ao transpor os portões da caserna: “…e defender a Pátria, se preciso for, com o sacrifício da própria vida”. Defenderam a Pátria e “combateram o bom combate”!

Prestigiaram a distinta cerimônia militares da reserva que pertenceram ao antigo Destacamento do Traíra, além das famílias dos falecidos em combate e autoridades civis, eclesiásticas e militares locais.

Fonte: Exército Brasileiro/ Cmdo Fron Solimões/8º BIS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below