Exército conclui pavimentação de rodovia em Santa Catarina

Foto via 1° Btl Ferroviàrio via Exército Brasileiro.

Por: Redação OD.

Missão Cumprida! Foi com esse sentimento que os integrantes do 1º Batalhão Ferroviário (1º B Fv) concluíram a implantação da Rodovia SC 114, Caminhos da Neve, em São Joaquim (SC). A rodovia está localizada entre as Serras Catarinense e Gaúcha, fazendo a ligação entre os dois estados.

Foto via 1° Btl Ferroviàrio via Exército Brasileiro.

A implantação da Rodovia teve início no ano de 2007, por intermédio de um convênio entre o Exército e o Governo Catarinense, cuja missão seria construir a rodovia no lado catarinense, até a divisa com o Rio Grande do Sul, num total de 29 quilômetros aproximadamente. Ao longo dos anos, a implantação da rodovia sofreu várias interrupções por parte do Governo do Estado de Santa Catarina, que dispunha de poucos recursos para a continuidade da obra. Mesmo com esse óbice financeiro, o 1º B Fv sempre se dispôs  a dar continuidade a construção da rodovia, tendo sido executada cumprindo um cronograma de desembolso que contemplava um Plano de Trabalho (PT) definido para cada etapa da construção, de acordo com a disposição financeira do Estado de Santa Catarina. Desta forma, foi possível a conclusão de 18, dos 29 quilômetros pretendidos.

Foto via 1° Btl Ferroviàrio via Exército Brasileiro.

A rodovia situa-se em uma das mais belas paisagens da Serra Catarinense e projeta-se como uma rota essencial ao desenvolvimento turístico regional, alem de atender ao escoamento da produção agrícola, que tem como base o cultivo de maçã e da uva. Para o 1º B Fv, em especial para a Engenharia Militar, participar da implantação daquela rodovia, foi uma experiência impar, principalmente para o adestramento de seus quadros, pois foram vencidas varias dificuldades dentre as quais, as baixas temperaturas, chegando aos 11º C negativos, no auge do inverno, dificultando o funcionamento dos equipamentos de engenharia que tiveram que receber combustível especial, bem como a pavimentação asfáltica que embora a estrada estivesse em condições de receber o pavimento, este por sua vez, não poderia ser lançado na pista, devido às baixas temperaturas que comprometiam a qualidade do asfalto.

Some-se a isso, as dificuldades de logística enfrentadas pelos engenheiros do 1º B Fv. No tocante ao adestramento, a construção da rodovia funcionou como um “laboratório”, por possuir todas as fases de uma construção rodoviária, envolvendo desde a remoção de solo mole até detonação de rocha basáltica, que surgiu em quase toda a extensão da rodovia, alem disso, foram construídos grandes aterros e obras de drenagem.

A missão ficou a cargo do Destacamento Caminhos da Neve (DECAN), que possuía uma unidade de britagem e uma usina de asfalto. Essa estrutura contribuiu para a formação dos alunos do Centro de Instrução de Engenharia de Construção (CIEC), de Araguarí (MG), bem como o adestramento dos alunos dos Núcleos de Preparação de Oficiais da Reserva (NPOR), do Comando Militar do Sul (CMS). O trecho da rodovia sob a responsabilidade do 1º B Fv, está sendo entregue a sociedade totalmente concluído, e com excelente padrão de qualidade no acabamento da obra que recebeu pintura viária e abrigos nos pontos de ônibus.

A realização de mais uma obra construída, alem de externar o sentimento de missão cumprida e passar a integrar o vasto acervo de obras, é também um motivo de grande satisfação para os engenheiros do 1º B Fv, que ao longo de 164 anos de história, dessa tradicional Unidade de Engenharia de Construção do Exército Brasileiro, sempre enfrentaram e superaram os desafios, colocando o serviço da Pátria acima de suas próprias necessidades e estendendo a mão amiga à sociedade que se beneficia com o trabalho do 1º Batalhão Ferroviário. 

Com informações do Exército Brasileiro e 1º B Fv via redação Orbis Defense.



5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below