Exército dos EUA fecha contrato com empresa Barrett para aquisição de rifles MK22

O acordo com a Barrett tem validade de 5 anos a um valor total de US $ 49,9 milhões

blank
Foto divulgação do Exército dos EUA

Google News

De acordo com recente comunicado de imprensa, o Exército dos EUA concedeu à empresa Barrett Firearms Manufacturing Inc. um contrato para aquisição de rifles MK22 MRAD como o novo sistema de armas de atirador furtivo.

“O Exército vai adquirir aproximadamente 2.800 rifles MK22 de Barrett, do atual fabricante do rifle de longo alcance M107 .50 do Exército”, disse o comunicado.

O MK22 faz parte do Programa de Rifle de Atirador de Precisão (PSR) do Exército, que também inclui o escopo Leupold & Stevens (Beaverton, OR) Mark 5 HD e um kit de acessórios de atirador.

O MK22 é um sistema modular que será colocado em campo com três calibres separados, o .338 Norma Magnum, .300 Norma Magnum e 7.62 × 51 NATO. Os atiradores de elite do exército serão capazes de realizar uma troca de carregador e selecionar os calibres com base em seu ambiente operacional de missão.

O programa PSR permitirá ao Exército sistemas de armas de alcance extremo que são mais leves do que os rifles de precisão atuais e inclui recursos que mascaram a assinatura do atirador para melhorar a capacidade de sobrevivência.

A SOCOM concedeu anteriormente um contrato à Barrett para comprar o MRAD como parte de seu programa Advanced Sniper Rifle (ASR).

  • Com informações do site Defense Blog
  • Tradução e Adaptação: DefesaTv


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba em seu e-mail as últimas notícias do DefesaTV, é de graça!

Assista nosso último episódio: