Exército sírio vai enfrentar “invasão turca” no norte do país junto com curdos

Blindado T-72 equipado com a BREM-1 armoured recovery. Imagem ilustrativa via Syrian Arab Army.

As tensões estão aumentando no norte da Síria quando Damasco começou a mover suas forças para enfrentar as tropas turcas que estão realizando uma operação contra os curdos na área, informa a agência de notícias estatal Sana.
As Forças Democráticas Sírias (SDF), apoiadas pelos curdos, chegaram a um acordo com Damasco, que verá as tropas do governo sírio chegando na região norte de Kobani, disse Mohammed Shaheen, vice-presidente da região do Eufrates.

Os sírios irão para Kobani dentro de 48 horas, informou a emissora libanesa al-Mayadeen. As fontes da RT na região também confirmaram os relatórios.

No início desta semana, os militares turcos entraram no norte da Síria sem o consentimento de Damasco, a fim de combater a milícia curda na região de Kobani, que Ancara considera terrorista.

A Turquia diz que o objetivo da operação é criar uma “zona segura” perto de sua fronteira para impedir que os combatentes curdos façam incursões no país.

Antes do início da operação turca, os EUA chamaram de volta várias dezenas de militares, que estavam incorporados às forças curdas. No sábado, Donald Trump autorizou a retirada das mil tropas americanas restantes de Kobani para que elas não fiquem presas entre os lados em guerra.

  • Com informações SANA Syria, Arab News e Reuters via redação Orbis Defense Europe.


2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below