Força Aérea Brasileira abre na próxima segunda-feira, inscrições para Escola de Especialistas de Aeronáutica

A Força Aérea Brasileira (FAB) abre, na próxima segunda-feira (13), inscrições para o  concurso de admissão ao Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica (EAGS), da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).

As inscrições para o processo seletivo estarão abertas até 12 de fevereiro de 2020 no endereço https://ingresso.eear.aer.mil.br/, onde também podem ser encontradas todas as informações relativas à seleção. O valor da taxa é R$ 60,00.

As 156 vagas são destinadas a cidadãos brasileiros, de ambos os sexos, que atendam aos pré-requisitos, às condições e às normas estabelecidas nas Instruções Específicas, para serem habilitados à matrícula no EAGS /2021.

As vagas serão distribuídas as seguintes especialidades: Eletrônica (BET) Administração (SAD), Enfermagem (SEF), Eletricidade (SEL), Informática (SIN), Laboratório (SLB), Obras (SOB), Pavimentação (SPV), Radiologia (SRD) e Topografia (STP). Das vagas abertas, 20% ficam reservadas para os candidatos negros.

Para serem habilitados à matrícula, os candidatos devem ter concluído o Ensino Médio (para todos os candidatos) e Curso Técnico de Nível Médio. O processo seletivo é composto por provas escritas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Especializados (relativos à especialidade a que concorre o candidato)

Completam o processo: inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico, prova prática da especialidade, procedimento de heteroidentificação complementar e validação documental. As provas escritas estão previstas para ocorrer em 26 de abril de 2020.

Os aprovados em todas as etapas do processo seletivo e selecionados pela Junta Especial de Avaliação (JEA) deverão se apresentar na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá, a 460 quilômetros de Ribeirão Preto, em 10 de janeiro de 2021, para habilitação à matrícula no curso.

Após a formatura na instituição de ensino, o aluno será promovido à graduação de Terceiro-Sargento e será classificado em uma das Organizações Militares do Comando da Aeronáutica (COMAER), localizadas em todo o território nacional, de acordo com a necessidade da Administração.