Força Aérea Brasileira conclui mais uma etapa da Fase Final de Modernização da aeronave E-99

O Projeto de Modernização das aeronaves E-99 concluiu, na última sexta-feira (24), nas instalações da Embraer em São José dos Campos, interior de São Paulo (SP), o processo de pintura da primeira unidade que será entregue para a Força Aérea Brasileira (FAB).

A conclusão dessa etapa é um marco para o projeto e confirma mais um passo na direção da atualização tecnológica dos vetores da Força.

O projeto E-99M foi iniciado em 2012 e é conduzido pela Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) junto à Embraer e fornecedores internacionais, como a SAAB, Aeroelectronica International (AELI) e Rohde & Schwarz.

Além do processo de modernização e atualização dos sistemas de missão e subsistemas relacionados, o projeto também possui acordos de transferência de tecnologia que possibilitarão avanços tecnológicos na área de defesa da indústria brasileira.

O Gerente do projeto, Tenente-Coronel Aviador Fabio Pires Vieira, esclareceu a importância da conclusão de mais uma etapa do projeto.

“A conclusão dessa etapa é um indicativo importante de que, apesar de todas as adversidades enfrentadas em função das restrições impostas pela pandemia da COVID-19, a entrega da aeronave para emprego operacional ocorrerá este ano, conforme planejado”, afirmou.

E-99

O emprego das aeronaves AEW&C é indispensável em um cenário de operações aéreas, em face da flexibilidade de posicionamento da aeronave juntamente com a capacidade do detecção de tráfegos à baixa altura, permitindo realizar a cobertura radar das áreas de interesse do Comando da Aeronáutica (COMAER), além do controle das aeronaves, independentemente da estrutura de Comando e Controle existente no solo.

A modernização dos sensores aeroembarcados da aeronave E-99 permitirá à FAB ampliar a sua capacidade de execução de missões de Controle e Alarme em Voo, Reconhecimento Eletrônico, dentre outras.

Esta aeronave é empregada no Esquadrão Guardião, 2°/6° GAV, sediada na Ala 2, na cidade de Anápolis (GO), que faz parte da aviação de reconhecimento que juntamente com outras organizações compartilham o desafio de detectar ameaças, assim como proteger e integrar o território nacional.

As aeronaves de reconhecimento compõem ações estratégicas de defesa e segurança eletrônica que colocam a FAB em um novo patamar frente ao cenário mundial. Atualmente está sendo desenvolvido diversas ações para manter-se atualizada o que compõe a visão estratégica para futuro, a chamada Força Aérea 100.

“A Concepção Estratégica “Força Aérea 100” contém as diretrizes necessárias para orientar como será o futuro da FAB. Ela contém as suas atribuições, eixos estratégicos e capacidades que lhe permitirão cumprir os desafios de amanhã, sempre reforçando a ética, o profissionalismo e os demais valores que permitiram que a Instituição conquistasse a confiança do povo brasileiro e dos países amigos. Neste sentido, o desenvolvimento contínuo da estratégia, planejamento e controle é essencial para que a FAB contribua para o desenvolvimento do Poder Aéreo e Espacial Brasileiro, mas sempre com o foco na sua missão primária e voltado para as futuras gerações que se utilizarão desse Poder.”

A Aeronave Embraer 145 demonstra a construção de uma poderosa plataforma que permite cumprir diversas missões e acreditamos que este projeto representa a grande capacidade da indústria nacional no apoio às organizações militares no desenvolvimento e implementação das tecnologias necessárias o cumprimento das missões institucionais.

Ainda estão previstas nas etapas de modernização a realização de testes em solo e em voo além da certificação coordenada pelo Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI). O Instituto é um órgão inserido na estrutura do DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial).

Sua missão é fomentar, coordenar e apoiar as atividades e empreendimentos que visam o desenvolvimento e consolidação das indústrias aeronáuticas e espaciais no território brasileiro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Com informações do Cecomsaer, Fotos: Tenente-Coronel Marcones/COPAC


Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

 

Caso deseje conversar com outros usuários escolha um dos aplicativos abaixo:



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail