Força Aérea Brasileira e Policia Federal interceptam e apreendem aeronave com mais de meia tonelada de cocaína

A aeronave foi interceptada no estado do Amazonas e realizou pouso obrigatório em Porto Velho (RO). O piloto tentou escapar pousando em área de pasto, mas agentes da PF conseguiram realizar a abordagem em solo e prender o suspeito

blank

Google News

A Força Aérea Brasileira (FAB) e a Polícia Federal (PF) interceptaram e apreenderam nesta quinta-feira (08) uma aeronave bimotor, modelo B-58 Baron, por volta das 13h05. A aeronave estava carregada com 579 kg de cocaína, na região de Porto Velho durante ação conduzida.

As ações envolveram duas aeronaves A-29 Super Tucano da FAB, além de todo o Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (SISDABRA). As investigações da PF apontaram para a realização do transporte clandestino da droga, o que viabilizou a atuação da FAB para interceptação da aeronave, através da utilização de caças com base na chamada Lei do Abate.

blankO piloto tentou escapar pousando em uma área de pasto, mas os agentes  da PF conseguiram realizar a abordagem em solo e prender o suspeito. A ação integrou parte de estratégia institucional de integração entre a PF e a FAB, além das polícias estaduais, que tem alcançado resultados expressivos para o enfrentamento do tráfico de drogas transnacional e proteção das fronteiras nacionais.

A FAB atuou por meio do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), com apoio do Núcleo de Operações Aéreas da Secretaria de Estado de Segurança Pública de Rondônia (NOA) e do Grupo Especial de Fronteira da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Mato Grosso (GEFRON).

blankO Comandante de Operações Aeroespaciais, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, classificou a operação como de extremo sucesso. “Nesse tipo de missão nós percebemos a importância do trabalho conjunto da FAB com a Polícia Federal e demais órgãos de segurança. Ressaltando o comprometimento dos militares da FAB, que estão 100% envolvidos e dedicados a garantir uma navegação aérea segura. Contamos com uma estrutura e com profissionais que estão disponíveis 24h para executar esse tipo de missão”, destacou.

Segundo dados da PF, 12 aeronaves foram apreendidas ano passado enquanto transportavam drogas, o que representa número 70% maior que no ano anterior. Em 2021, a PF já apreendeu três aeronaves, nas mesmas circunstâncias.



Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: