Força Aérea Brasileira lança aplicativo para consulta de informações aeronáuticas

Crédito foto: CV Fábio Ribeiro Maciel (ASCOM/DECEA)

A Força Aérea Brasileira (FAB) lançou, no dia 28 de janeiro, o aplicativo gratuito FPL BR – EFB (Electronic Flight Bag), disponível somente para tablet e Ipad, um novo módulo para a consulta de informações aeronáuticas em formato digital, como cartas de aeródromos visuais e de rotas, publicações AIP e extratos do ROTAER.

O novo módulo FPL BR – EFB foi desenvolvido pela Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA), em parceria com a Atech – Negócios em Tecnologia S/A, empresa do Grupo Embraer, e estará disponível gratuitamente para tablets e iPads nas lojas Google Play e Apple Store.

A primeira versão do aplicativo permite o piloto consultar todas as cartas e publicações do DECEA de maneira ágil e segura, sobretudo em fases críticas do voo. Por meio deste módulo, será possível armazenar as informações aeronáuticas, possibilitando sua utilização em solo e em voo.

Apresentado em 2017 para elaboração, validação, envio e atualização dos dados do plano de voo pela internet – o aplicativo FPL BR já teve mais de 15 mil downloads entre as plataformas IOS e Android.

Sua interface disponibiliza a consulta do plano de voo completo (PVC) e simplificado (PVS), além de mensagens de atualização relacionadas à modificação (CHG), cancelamento (CNL) e atraso (DLA). Nos últimos anos, o Sistema de Informações Aeronáuticas vem passando por grandes alterações.

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), em julho de 2018, migrou os serviços de disponibilização das publicações aeronáuticas exclusivamente para o formato digital e, neste ano, publicará o aplicativo gratuito FPL BR – EFB, uma eficiente alternativa para a consulta das informações aeronáuticas.

Na segunda versão está previsto o planejamento do voo integrado à emissão do plano de voo, informações meteorológicas e NOTAM (notificação para os aeronavegantes, do inglês, Notice to Airmen).

Em atendimento ao item 10, da Instrução Suplementar (IS) nº 91-002 – ANAC, o aplicativo FPL BR – EFB não está disponível para aparelho celular, somente para Tablet/Ipad.

Facilidades

O diretor do Instituto de Cartografia Aeronáutica (ICA), Coronel Engenheiro Alessander de Andrade Santoro, esclarece que a disponibilidade desse aplicativo permitirá uma melhor familiarização dos usuários com os produtos elaborados pelo Instituto presentes no portal AISWEB, tendo em vista a possibilidade de utilização por parte da tripulação durante os processos de planejamento e realização do voo, acompanhando a navegação em tempo real e acessando com agilidade as informações ao longo da rota voada.

De acordo com a Gerente do Projeto e Chefe da Seção de Planejamento de Informação Aeronáutica do Subdepartamento de Operações (SDOP) do DECEA, Major Engenheira Cristiane de Barros Pereira, o aplicativo reunirá as principais informações utilizadas pelos pilotos, reduzindo o tempo com consultas e com atualização das cartas e publicações de informações aeronáuticas (AIS).

“Futuramente, com a disponibilização da função de navegação em versões próximas, contribuirá para o incremento da consciência situacional do piloto”, esclarece a oficial.

“Esse módulo abre caminho a um conjunto de facilidades, tais como, informações meteorológicas, NOTAM e de georreferenciamento integrados no mesmo dispositivo, de forma que possibilite uma redução da carga de trabalho do usuário e uma maior confiabilidade da informação”, explica o Tenente-Coronel Marcelo Jorge Pessoa Cavalcante, da Divisão Operacional da CISCEA.

Para a Comissão, a utilização de recursos eletrônicos no lugar dos manuais e documentos impressos é ecologicamente correto e implica em cortes de gastos com a carga morta, chamada Operação Paperless.

“Dentre os diversos benefícios observados com o uso do FPL BR – EFB, podemos destacar a redução dos custos operacionais relacionados aos processos baseados em papel, aumento da velocidade de atualização dos dados, facilidade de leitura em qualquer nível de iluminação na cabine e o acesso online à base de dados”, afirma a Engenheira Gisele Lima de Oliveira Silva, da Divisão Operacional (DO) da CISCEA.

A interface disponibiliza, ainda, a consulta de cartas de aeródromos, bloqueio da interação com a tela, visualização das emendas futuras e seleção das cartas como favoritas.

O aplicativo representa um avanço tecnológico de comunicação intersistemas realizada dinamicamente entre a API-AISWEB e o FPL BR – EFB, disponibilizando informações dinâmicas e precisas a cada publicação de nova emenda pelo Instituto de Cartografia Aeronáutica (ICA).

O aplicativo foi elogiado pelo piloto do Grupo Especial de Inspeção em Voo (GEIV), Capitão Aviador Gabriel Brandello de Oliveira Haguenauer Moura, que ressaltou as vantagens do uso do software. “Permite uma série de facilidades, como na consulta das cartas, facilitando a busca com diversos filtros, a mobilidade e a segurança das informações em tempo real”, afirma o piloto.

Cerimônia

A cerimônia de lançamento do aplicativo FPL BR-EFB ocorreu no salão nobre da CISCEA, no dia 28 de janeiro, com a presença do presidente da CISCEA, Major-Brigadeiro Engenheiro Fernando Cesar Pereira Santos, do chefe do Subdepartamento de Operações do DECEA, Brigadeiro do Ar Ary Rodrigues Bertolino, do chefe do Subdepartamento de Administração do DECEA, Brigadeiro do Ar Sérgio Rodrigues Bastos Júnior, além de diversas autoridades do DECEA, CISCEA, ICA, GEIV e da empresa Atech.

O Major-Brigadeiro Fernando, presidente da CISCEA, fez a abertura do evento e destacou a dedicação e envolvimento de todos no desenvolvimento do projeto. Em seu discurso, o chefe da Divisão Operacional (DO) da CISCEA, Coronel Aviador Cyro Andé Cruz, agradeceu à equipe da DO e parabenizou todos os envolvidos pela integração.

“Ao DECEA, pela gestão do projeto, ao ICA que reviu processos, ao GEIV pelo empenho dos pilotos em testar o aplicativo e nos trazer o que precisava mudar, à Atech, pela parceria. Estamos no caminho de seguir os objetivos do DECEA, focando no usuário. Hoje é um dia muito especial para todos nós”, disse o Coronel Cyro.

A engenheira Gisele Lima de Oliveira Silva, da Divisão Operacional, fez uma apresentação sobre as principais funcionalidades do aplicativo FPL BR-EFB, e disponibilizou tablets e ipads para que todos pudessem navegar no aplicativo.

“A equipe se dedicou a esse projeto, que vem desde 2018 fazendo levantamento de requisitos e debates, para atingir o objetivo, que é a satisfação do usuário final”, disse a engenheira. O presidente da empresa Atech, Edson Mallaco, agradeceu pela confiança e afirmou estarem comprometidos para as próximas fases do projeto.

“Esse é um marco, gostaria de parabenizar à CISCEA pela inciativa, pelo desenvolvimento, pela parceria com não só com a Atech, mas com o usuário, o que vai trazer um nível de qualidade muito grande para o aplicativo”, afirmou.

Para o chefe do Subdepartamento de Operações do DECEA, Brigadeiro do Ar Ary Rodrigues Bertolino, esse era um trabalho prioritário do Subdepartamento.

“O DECEA vem procurado cada vez mais se aproximar e trabalhar em prol do usuário, entender suas necessidades. Hoje nós atingimos uma grande massa de usuários do DECEA, do Brasil que utilizam essa aplicação e eu fico muito feliz por isso, por que houve uma sinergia de todos nós envolvidos. Agradeço a todos pela dedicação e parceria”, agradeceu o oficial-general.

As sugestões, dúvidas ou críticas, devem ser encaminhadas para o Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC DECEA). Seção de Comunicação Social da CISCEA.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Edição: 1º Tenente Relações Públicas Camille Barroso; Texto: Denise Fontes; Fotos: Fábio Maciel/Luiz Eduardo Perez, Via Agência Rossi Comunicações

You may also like