Força Aérea Brasileira participa do lançamento de Projeto que permite reduzir as emissões de CO2

A Força Aérea Brasileira (FAB), por intermédio do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) participou, no dia 13 de fevereiro, em Campinas (SP), do lançamento do Projeto AGILE VCP.

A iniciativa tem o objetivo de desenvolver uma série de estudos técnicos para reduzir as emissões de CO2, elevar os índices de pontualidade e aumentar a capacidade de pousos e decolagens do Aeroporto Internacional de Viracopos nos próximos cinco anos.

O projeto é resultado do trabalho conjunto entre o DECEA, a Concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), a International Air Transport Association (IATA), a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO), a Azul Linhas Aéreas, a LATAM Airlines, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e a Secretaria de Aviação Civil (SAC), do Ministério da Infraestrutura.

Benefícios

De acordo com o Diretor-Geral do DECEA, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, o Projeto AGILE VCP representa a formalização de uma relação baseada no processo de decisão colaborativa.

“O projeto trará benefícios tanto para o usuário do transporte aéreo quanto para a comunidade aeroportuária, gerando economia de combustível com reflexo no meio ambiente, mais ofertas de voo e, consequentemente, diminuição de custos para as companhias aéreas”, pontuou.

O resultado poderá ser aplicado em outros aeroportos brasileiros com volume significativo de tráfego aéreo, com operação em única pista.

“A expectativa é que o Projeto AGILE VCP proporcione maior agilidade às operações do aeroporto, além de trazer melhoria na fluidez do tráfego aéreo, impactando, positivamente, a capacidade de pista e do próprio espaço aéreo”, ressaltou o Chefe do Subdepartamento de Operações do DECEA, Brigadeiro do Ar Ary Rodrigues Bertolino.

O Coordenador do DECEA no AGILE VCP, Major Especialista em Controle de Tráfego Aéreo Marcos Roberto Peçanha dos Santos, apresentou as etapas do projeto e as ações em curso e programadas para o espaço aéreo de Campinas. “O AGILE tem como principal objetivo o aumento da eficiência das operações de aproximação, pouso e decolagem”, esclareceu.

Viracopos é o maior aeroporto de importação de carga do Brasil. Aproximadamente 40% das cargas que chegam ao país pelo modal aéreo passam pelo Terminal de Carga do aeroporto. Além disso, o aeródromo atingiu o recorde de movimentação de passageiros em 2019 com 10,5 milhões de pessoas transportadas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Com informações do Ceocmsaer, Fotos: Luiz Eduardo Perez


Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

 

Caso deseje conversar com outros usuários escolha um dos aplicativos abaixo:



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail