Força Aérea Brasileira realiza transporte de EPIs do Rio de Janeiro para Brasília e Belém

blank

A Força Aérea Brasileira (FAB) realizou, no sábado (25) e neste domingo (26), uma missão de Transporte Aéreo Logístico em apoio à Operação COVID-19.

A aeronave C-105 Amazonas, pertencente ao Primeiro Esquadrão do Décimo Quinto Grupo de Aviação (1°/15° GAV) – Esquadrão Onça, transportou 3,4 toneladas de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), do Rio de Janeiro (RJ) para Brasília (DF) e Belém (PA).

A missão foi coordenada pelo Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) junto ao Centro de Operações Conjuntas (COC) do Ministério da Defesa, em apoio ao Ministério da Saúde.

O FAB 2811 decolou da Ala 11 – Base Aérea do Galeão (RJ), às 13h10 (horário de Brasília), e pousou na Ala 1 – Base Aérea de Brasília, às 15h40, onde fez o descarregamento de 145 quilos de itens hospitalares.

De lá, seguiu neste domingo (26), às 12h55, para a Ala 9 – Base Aérea de Belém, onde pousou às 17h55. A carga transportada será entregue a hospitais localizados no Distrito Federal e no Pará, com o objetivo de auxiliar no enfrentamento ao novo Coronavírus.

O Comandante da aeronave, Capitão Aviador Marcelo Augusto Xavier de Almeida, falou da satisfação de participar da missão. “É muito gratificante saber que esses materiais vão possibilitar que a população brasileira receba os cuidados necessários para combater a COVID-19”, destacou.

Para o Suboficial Dayverson de Souza, mecânico da aeronave, é uma honra participar da Operação COVID-19 e fazer parte da Força Aérea Brasileira nesse momento de crise pandêmica mundial. “É uma Operação que está salvando vidas pelo Brasil todo”, pontuou.

  • Com informações do Cecomsaer, Fotos: Tenente Corrêa / Ala 11; Soldado A. Soares e Capitão Oliveira Lima / Agência Força Aérea; e Tenente Brenda/Ala 9.
  • Assista ao vídeo da missão.