Força Aeroespacial Russa recebe quatro novos Sukhoi Su-25SM3

blank

O Distrito Militar do Sul da Rússia recebeu recentemente quatro novos aviões de ataque Sukhoi Su-25SM3 que ganharam o apelido de ‘tanque voador’, devido ao seu grande poder de fogo e excecional capacidade de sobrevivência. A versão básica do Su-25 fora batizada de Grach (gralha), devido aos seus contornos característicos, semelhantes aos do pássaro.

O apelido de ‘tanque voador’ dado ao Su-25SM3, foi durante sua campanha no Afeganistão. Pois a aeronave conseguia aliar grande poder de fogo com robustez. No entanto para a versão modernizada do Su-25SM3, todas essas qualidades foram aprimoradas e multiplicadas. Como resultado, ele fora rebatizado como ‘Supergrach’.

A Assessoria de imprensa do Distrito Militar do Sul, revelou que à aeronave foi dotada de um novo sistema de orientação modernizado, lhe permitindo lançar mísseis ou bombas à uma distância considerável dos alvos e atingi-los mesmo por cima das nuvens.

A única coisa que o piloto precisa para realizar com exito a missão, são as coordenadas exatas do alvo. Além disso, as armas com maior precisão e os equipamentos de bordo modernizados quase dobraram a eficácia de combate do Su-25SM3 em comparação com a versão básica.

O resultado da modernização da aeronave de ataque foi tão positivo que o comando da Força Aeroespacial Russa está pensando fazer a modernização na sua frota de 200 aeronaves deste modelo. O Su-25SM3 já é a segunda grande modernização que o Su-25 passou.

A versão anterior, o Su-25SM, foi usada com sucesso na Síria. Aliás, foi precisamente o uso dessas aeronaves em situações reais de combate que permitiu melhorar suas características de voo e ataque, dando assim vida ao Su-25SM3.

1 COMENTÁRIO

  1. Pq depois que a Rússia ficou do lado da Venezuela o presidente pós o rabo no meio das pernas…????
    E medo????
    E.melhor ele não se cagar todo….imagina ele chegar na Venezuela todo borrado de bosta ?????

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here