Força de Fuzileiros da Esquadra inaugura Galpão de Manutenção da Bateria de Lançadores Múltiplos de Foguetes

blank
Representação formada por militares do Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais

O galpão de manutenção da Bateria de Lançadores Múltiplos de Foguetes (BiaLMF) do Sistema ASTROS foi inaugurado no último dia 24 de abril e entregue à Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE).

Devido às características que são peculiares ao Sistema ASTROS (de alto valor agregado), que integra componentes mecânicos e eletrônicos, o galpão de manutenção recebido pelo Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais (BtlArtFuzNav) vem incrementar a capacidade de pronto emprego da Bateria.

Assim, será permitido que a execução das manutenções de primeiro e segundo escalões pelos militares da própria bateria, de maneira tempestiva e eficiente seja realizado pela  BiaLMF. Este evento conclui, assim, mais uma fase do Empreendimento Modular-23 no Complexo Naval da Ilha do Governador.

blankA cerimônia contou com a presença do Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, vice-almirante (FN) Paulo Martino Zuccaro; do Comandante do Material de Fuzileiros Navais, vice-almirante (FN) Jorge Armando Nery Soares; do Comandante do Pessoal de Fuzileiros Navais, vice-almirante (FN) Cesar Lopes Loureiro; do Comandante da Divisão Anfíbia, contra-almirante (FN) Roberto Rossatto; do Comandante do Centro de Instrução Almirante Sylvio de Camargo, contra-almirante (FN) Renato Rangel Ferreira; do Chefe do Estado-Maior do Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra, contra-almirante (FN) Pedro Luiz Gueiros Taulois; e do Comandante do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes, contra-almirante (FN) Marcelo Guimarães Dias; além de outras autoridades.

Durante a cerimônia, o Comandante do Material de Fuzileiros Navais, acompanhado do Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, do Comandante da Divisão Anfíbia e do Comandante do Batalhão de Artilharia de Fuzileiros Navais, realizou o corte da fita inaugural e a entrega da chave, simbolizando a transferência do galpão para o setor operativo.

  • Com informações do Centro de Comunicação Social da Marinha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here