Forças anti-Assad na Síria sofrem pesadas perdas em equipamentos e pessoal

Carro de combate T-62 de fabricação soviética que era operado pelos rebeldes sirios. Pelo menos dois foram neutralizados. Imagem via SANA Syria.

Em 14 de agosto, a Agência de Notícias Árabe da Síria (SANA) e outras fontes pró-governamentais divulgaram vídeos expondo as pesadas perdas que a milìcia “Hayat Tahrir al-Sham (HTS)” e seus aliados sofreram durante as recentes batalhas a oeste da cidade de Khan Shaykhun em Idlib do sul.

Os vídeos mostram dois carros de combate principais modelos T-62, dois veículos blindados não identificados e três caminhonetes adaptadas como posto de comando, todos destruídos pelo Exército Árabe Sírio (SAA), assim como uma grande quantidade de equipamentos militares e armas que podem ser de origem turca foram capturadas. Os cadáveres de vários militantes também podem ser vistos nas imagens.

De acordo com canais de informação pró-governo, a milìcia HTS e seus aliados perderam mais de 45 militantes durante as batalhas a oeste de Khan Shaykhun e pelo menos mais de uma centena estão presos.
As unidades da SAA conseguiram chegar à entrada oeste da cidade chave depois de assegurar as aldeias de Kafr Ayn, Tall Aas, Khirbat Murshid, Mantar , Umm Zaytunah e Kafr Tab .
O exército está atualmente trabalhando para capturar novas posições a noroeste de Khan Shaykhun, a fim de garantir totalmente sua retaguarda.

O Exército Árabe Sírio (SAA) matou dezenas de militantes radicais e capturou mais de uma centena em recentes confrontos na zona rural de Idlib.

Fotos divulgadas pela Agência de Notícias da Rede Abkhaziana (ANNA) também mostra dois militantes de alto posto de liderança, que foram capturados pela SAA. Segundo o canal Muraselon, o Exército Arabe Sirio capturou ainda mais militantes nas últimas horas.

As tropas da SAA avançaram significativamente a oeste de Khan Shaykhun, capturando as aldeias de Kafr Ayn, Tall Aas, Khirbat Murshid e Mantar. O exército também repeliu um grande ataque às suas posições na cidade de Qasabiyeh.

As próximas horas podem ser marcadas por um novo empurrão do Exército Árabe Sírio – SAA (Forças governamentais de Assad) em direção a Khan Shaykhun, ou as posições remanescentes dos militantes a leste dela.

Com informações da SANA Syria, Reuters e AFP via redação Orbis Defense Europe.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below