Forças Armadas transferem 15 pacientes de Porto Velho para Curitiba

blank


Brasília (DF), 25/01/2020 – 
Nesta segunda-feira (25), as Forças Armadas transportaram 15 pacientes e profissionais de saúde de Porto Velho, Rondônia, para Curitiba, Paraná. A remoção foi feita por meio de uma aeronave C-105 da Força Aérea Brasileira e acontece no contexto da Operação Covid-19. 

F01.jpg

Desde 07 de janeiro, em apoio ao estado do Amazonas, os militares transferiram 248 pacientes de Manaus para outros estados do País. No domingo (24), duas aeronaves C-99 saíram da capital amazonense transportando 14 pacientes para Teresina, Piauí, e 17 para Uberaba, em Minas Gerais.

F02b.jpg

Até o momento, foram 25 voos para a remoção de pacientes e mais 65 de apoio logístico à região amazonense, somando 564 horas de percurso aéreo. O atendimento será reforçado por 70 leitos de dois hospitais de campanha, montados com módulos da Força Aérea Brasileira (FAB) e do Exército.

Vacinas
Para atender à demanda por vacinação em localidades de difícil acesso, no domingo (24), o 3.º Batalhão de Aviação do Exército (3º BAvEx), situado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, transportou imunizantes e profissionais de saúde. As aldeias indígenas Perigara e Aterradinho, localizadas no sul do Mato Grosso do Sul, foram atendidas por meio do helicóptero Pantera do 3º BAvEx. Durante a primeira etapa do programa de imunização, 431 mil indígenas serão imunizados.

F02.jpg

Cilindros de oxigênio
As Forças Armadas também continuam o atendimento da demanda por oxigênio no Amazonas. A partir desta segunda-feira (25), oito tanques de oxigênio serão envasados na capital federal e transportados por um KC-390 Millennium para Manaus. 

Com o mesmo destino, outros 17 tanques de oxigênio líquido saíram de Brasília em um KC-390 Millennium e um C-130 Hércules, no último domingo (24). Até o momento, foram encaminhadas 14 usinas para produção de oxigênio e 3.412 cilindros de oxigênio, desses 1.150 foram transportados por balsas. Ao todo são 142 tanques de oxigênio, que somam 715 toneladas de carga transportadas.

F03.jpg

Já por intermédio do Centro de Tecnologia da Marinha em São Paulo (CTMSP), foram entregues 47 respiradores do tipo Inspire, disponibilizados em parceria com a Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Além dos respiradores, foi enviado um tanque com capacidade para armazenar 90 mil m3 de oxigênio por meio do Navio-Patrulha Oceânico “Apa”, da Marinha. A embarcação saiu do porto de Santos (SP), na terça-feira (19) em direção à Belém (PA) onde será abastecido e seguirá até Manaus.

F04.jpg

Por Viviane Oliveira, editada por Margareth Lourenço
Fotos: Divulgação/MD

Saiba mais:
Logística precisa assegura vacinação em terras indígenas 
Operação Covid-19 completa 10 meses de atividades para salvar vidas
Forças Armadas completam 14 dias de apoio ao Amazonas

Confira os destaques da semana:

Centro de Comunicação Social da Defesa (CCOMSOD)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071


blank

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here