Fragata “Liberal” lança míssil antiaéreo “Aspide” e conclui mais uma fase dos testes de integração do Projeto “Fênix”

Participaram dos exercícios além da Fragata “Liberal”, a Fragata “União”, o Navio-Patrulha Oceânico “Amazonas” e a aeronave Wild Lynx (AH-11B).

blank
O Sistema de Gerenciamento de Combate possibilita a integração dos sensores e dos armamentos das Fragatas Classe Niterói

A Fragata “Liberal” realizou, entre os dias 29 de abril e 3 de maio, diversos testes de integração no mar do Sistema de Controle Tático e de Armas (SICONTA MK II Mod. 1), entre eles o lançamento do míssil antiaéreo “Aspide” sobre drone.

O SICONTA MK II Mod. 1 é um Sistema de Gerenciamento de Combate que possibilita a integração dos sensores e dos armamentos das Fragatas Classe Niterói e faz a compilação do cenário tático, proporcionando uma tomada de decisão de ataque e/ou defesa mais precisa e assertiva.

blank
Os testes de integração no mar colocaram em prática toda a
simulação feita durante as fases anteriores do Projeto

Esse sistema é o produto de um desenvolvimento nacional, coordenado pela Diretoria de Sistemas de Armas da Marinha, conhecido como Projeto “Fênix”. Os testes de integração no mar colocaram em prática toda a simulação feita durante as fases anteriores do Projeto.

A Fragata “Liberal” realizou, também, disparos sobre alvo rebocado empregando os canhões de 40mm e o canhão de 4,5”, verificando a funcionalidade, o alinhamento, a integração e os ajustes necessários ao Sistema de Combate da Fragata.

  • Com informações do CCSM