FSB evita ataque terrorista contra infraestrutura elétrica na Rússia

O momento da invasão para a captura do terrorista. Imagem de captura de tela do vídeo do FSB.

Google News

Nesse dia 4 de março, o Serviço de Segurança Federal Russo (FSB) informou sobre uma ação que evitou um ataque terrorista que poderia ter deixado milhões de pessoas sem energia elétrica e gás para aquecimento por tempo indeterminado em toda a região de Kaliningrado (território russo no litoral do Mar Báltico).

As autoridades não divulgaram quais instalações energéticas estavam no alvo dos ataques. Foi divulgado que a segurança de todas as instalações geradoras de energia elétrica, assim como as instalações de transmissão e sub-estações de tratamento de energia estão com a segurança reforçada.

O FSB publicou um vídeo da prisão de uma pessoa que preparava um ataque terrorista a um objeto de infraestrutura de energia na região de Kaliningrado. Outros cúmplices também foram presos mas as imagens não foram divulgadas.

O criminoso de origem tchetchêno/islâmico, motivado pelo ódio ao atual governo planejou um ataque terrorista a uma instalação de energia e recrutou outros moradores da região. O terrorista preso assim como os seus colaboradores tem ligações com movimentos antifas europeus e principalmente com organizações do terrorirsmo islâmico, mas provavelmente agia a nível de célula, seguindo instruções genéricas de grupos terroristas que divulgam conteúdo na intenet.

Durante a busca, as forças de segurança encontraram IEDs (Dispositivos explosivos improvisados), componentes para a fabricação de explosivos, bem como “materiais com conteúdo ofensivo contra os órgãos executivo e legislativo russos” oriundos de organizações terroristas islâmicas tchetchenas.

  • Com informações RT France, Russian MoD, Stf Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: