General Richard Nunes anuncia medidas financeiras e operacionais para a SESEG

blank

blankO Secretário de Estado de Segurança (SESEG), General Richard Nunes, participou na última terça-feira (09/10) de uma reunião com o Governador Luiz Fernando Pezão e os demais Secretários de Estado. Na ocasião, Richard Nunes anunciou diversas medidas financeiras e operacionais da SESEG até o fim do ano. No âmbito operacional, foi anunciada a convocação, na segunda quinzena de novembro, dos últimos 573 policiais militares concursados e a formatura de 245 oficiais de cartório da Polícia Civil.

Também fora adquirida 1.036 viaturas para as polícias com recursos federais repassados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (R$ 30 milhões) e por emendas parlamentares (R$ 7 milhões), e com verba estadual obtida em convênio com o programa Pró-Cidades (R$ 20 milhões); e o reforço diário de 1.500 policiais civis e miliares por conta do pagamento do Regime Adicional de Serviço (RAS). Além disso, 1.216 policiais já passaram pela reavaliação psiquiátrica na Polícia Militar, resultando no retorno de 378 policiais para a atividade-fim e 565 estão trabalhando na área administrativa.

O secretário de Segurança também anunciou o realinhamento de mais 13 Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) até o final deste ano. As UPPs serão convertidas em Companhias Destacadas, sob o comando do batalhão de sua área. Com a medida, mais de três mil policiais militares estarão aptos para retornar ao patrulhamento ostensivo nas ruas do estado. Na parte financeira, a pasta recebeu a liberação de cerca de R$ 63 milhões referentes à segunda parcela do Fundo Estadual de Segurança e Desenvolvimento Social (FISED), que serão investidos em:

  • Pagamento do RAS até o fim do ano para as Polícias Militar e Civil;
  • Pagamento do Sistema Integrado de Metas (SIM) referente ao segundo semestre de 2017;
  • Manutenção predial da Policlínica da Polícia Civil e da Cidade da Polícia.
  • Reformas nas unidades da Polícia Militar;
  • Manutenção de todo o sistema de comando e controle do Estado, entre os quais o parque tecnológico do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) e a radiocomunicação crítica;
  • Aquisição de equipamentos para a Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança.

*Com informações da Secretária de Segurança do Estado do Rio de Janeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here