Governo iraniano divulga imagens de base subterrânea conhecida como “Cidade dos Mísseis”

blank
'Cidades dos Mísseis' no Irã tem armamentos om imagens de líderes políticos e militares do país — Foto: IRGC/WANA (West Asia News Agency)/Handout via Reuters

Google News

Foi divulgado nesta segunda-feira (15) imagens que, segundo o governo iraniano é de uma nova base da Guarda Revolucionária, que se encontra armada com mísseis balísticos e de cruzeiro e equipamento de “guerra eletrônica”.

A base, semelhante a uma cidade subterrânea composta por uma rede de longos túneis, inclui o chamado míssil Emad, míssil balístico de médio alcance (MBMA), movido a combustível líquido, fabricado pelo Irã.

blank
Mísseis iranianos fotografados na ‘Cidade dos Mísseis’ da Guarda Revolucionária do Irã — Foto: IRGC/WANA (West Asia News Agency)/Handout via Reuters

Equipe de reportagem da PressTv (mídia estatal) descreveu a base como, uma “cidade de mísseis”, e mostrou fileiras do que parecem ser mísseis em um depósito com paredes de cimento, sem dar detalhes de sua localização.

O chefe da unidade naval da Guarda Revolucionária, Alireza Tangsiri, disse à TV estatal que a base está equipada para detectar sinais inimigos. A reportagem revelou que o “equipamento de guerra eletrônica” da base inclui radares e sistemas de monitoramento, simulação e interrupção.

blank
General Hossein Salami visita nova instalação militar no Irã acompanhado de outros militares — Foto: IRGC/WANA (West Asia News Agency)/Handout via Reuters

“O que vemos hoje é uma seção pequena da grande e expansível capacidade de mísseis das forças navais da Guarda Revolucionária”, disse o comandante da Guarda, general Hossein Salami, na transmissão.

Não é a primeira vez que o Irã revela a presença de bases balísticas subterrâneas. Há cinco anos, divulgou imagens de túneis secretos e instalações móveis, além de grandes depósitos e plataformas de lançamento.

blank
Mísseis de defesa aérea do Irã em uma fábrica, em 22 de julho de 2017 [Ministério da Defesa do Irã]

O Irã, que se vangloria com frequência dos avanços tecnológicos de suas Forças Armadas, tem um dos maiores programas de mísseis do Oriente Médio.

O jornal Rossiyskaya Gazeta reportou que não há informações sobre a capacidade do túnel em resistir ou não a um ataque nuclear, mas que provavelmente resistiria ao uso de munição convencional.

  • Com agências internacionais


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank
blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: