Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília realiza adestramento de “Controle de Distúrbios”

Adestramento em “Controle de Distúrbios”

No dia de 31 de janeiro, o Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (GptFNB) realizou um adestramento de “Controle de Distúrbios” (CD) para um pelotão de fuzileiros navais pertencentes ao Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (CIAB). A instrução teve como principal objetivo a padronização das atividades de CD, empregadas na jurisdição do Comando do 7º Distrito Naval. Militares do CIAB e do GptFNB receberam instruções teóricas e práticas sobre a aplicação das Companhias de Controle de Distúrbios (CiaCD).

Durante o adestramento, foram desenvolvidas atividades sobre o uso gradual da força, as composições, formações, comandos e procedimentos a serem cumpridos pela CiaCD, além do manuseio de equipamentos, equipagens e armamentos específicos para este fim. Ao término da instrução, os militares realizaram uma simulação de controle de distúrbios urbanos, de forma a aplicar os conteúdos aprendidos. As tropas de controle de distúrbios são empregadas pelo Corpo de Fuzileiros Navais para restaurar e/ou manter a ordem, utilizando táticas e técnicas adequadas a cada situação de distúrbio urbano, como nos conflitos de alta intensidade e nas atividades de emprego limitado da força.

  • Com informações do Centro de Comunicação Social da Marinha


Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

 

Caso deseje conversar com outros usuários escolha um dos aplicativos abaixo:



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail

2 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom! Gostei demais!
    Foi uma recordação dos bons e eternos tempos que dediquei-me ao serviço da Pátria amiga, nesse Grupamento, e no Comando do Centro de Instrução e Adestramento.
    Fico feliz em ver que a chama, do nosso espírito de corpo não se apaga nunca!
    Parabéns meus amados amigos e irmãos!
    ” AD SUMUS”!

  2. Sou da 1/92 E sou do tempo que o couro comia e o bicho pegava…hoje graças às redes sociais e mídias de modo geral,conhecem um pouco dos fuzileiros navais,dando um estímulo à mais pra tropa…antigamente ñ existia nem celular e a moral,juntamente com a vibração do fuzileiro tinha de ser 10 vezes maior!! E que o país possa conhecer um pouco mais dessa tropa! E graças às existências das tropas especiais é que o país ñ é invadido! Faz o inimigo pensar algumas vezes antes de tentar! ADSUMUS…Edmilson zic zira 1/92

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here