Grupo naval chinês conduz treinamentos no mar do Sul da China

O porta-voz da Marinha chinesa, Gao Xiucheng, afirma que se tratou de um exercício de rotina

blank

Google News

O porta-voz da Marinha chinesa, Gao Xiucheng, citado pelo jornal Global Times, afirmou que se tratou de um exercício de rotina e expressou a esperança de que outras nações o interpretem “de forma objetiva e racional”. “A Marinha do Exército de Libertação Popular (ELP) seguirá adiante com treinamentos similares”, afirmou.

O Shandong foi incorporado à Marinha chinesa em novembro de 2019. Este é o segundo porta-aviões da China, sendo o primeiro de fabricação nacional, ele mede 315 metros de comprimento e 75 de largura. Tem um deslocamento de 70 mil tons e pode atingir uma velocidade máxima de 57 Km/h, bem como abrigar 36 caças J-15 em seu convés.

  • Com agências internacionais


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: