Hanwha K-30 Biho sistema de defesa aérea móvel para o Exército Indiano

blank

A Índia finalmente selecionou o Hanwha K-30 Biho, fabricado na Coréia do Sul, projetado principalmente para proteger unidades de manobra avançadas. Mais segundo fontes as assinaturas do contrato ainda são esperadas.

Hanwha’s K-30 Biho (tigre voador), um sistema antiaéreo de 30mm, fabricado pela Hanwha Defense Systems, foi selecionado pelo Exército indiano após uma competição que incluiu o russo Tunguska-M1, que tem um alcance de até 10 Km, e o Pantsir-S1 ‘Greyhound’.

A arma foi desenvolvida para atender às exigências operacionais das Forças Armadas da República da Coreia para um sistema de defesa aérea de curto alcance altamente móvel adequado às condições operacionais e de terreno da península coreana.

Ele combina um sistema de canhão com guia eletro-óptico com um sistema de radar de vigilância, sobre um chassi K200. Suplementa o Kung-Kung Chungung K263A1, um sistema automotor vulcan de 20 mm.

Uma coisa é interessante, vários blogs coreanos estão falando sobre o Biho II sendo ainda oferecido, mas segundo o site Army Recognition a escolha é definitiva.

Independentemente disso, fico surpreso ao ver o Pantsir-S1 perder essa competição. Eu achei que seria uma vitória fácil para eles. Fico imaginando o que aconteceu e o que o Exército indiano viu que eles não gostaram.

JG

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here