Hoje (12/5), o 6° ETA, Esquadrão Guará, completa 52 anos.

blank

 

Sediado na Ala 1, em Brasília/DF, o Sexto Esquadrão de Transporte Aéreo emprega as aeronaves  C-95 Bandeirante, C-97 Brasília, C-98 Caravan, U-55 LearJet e U-100 Phenom, cumprindo missões de Transporte de Órgãos e Tecidos Vitais para Transplantes, Transporte Aéreo Logístico, dentre outras. Desde sua criação o esquadrão  já voou mais de 355 mil horas, operando 12 tipos diferentes de aeronave.

blank
Aeronave VU-9 Xingu que operou no ETA6 até 2010 . Fotos de Divulgação: Agência Força Aérea Brasileira

6º ETA

blank

Criado em 12 de maio de 1969 pela Portaria R012/GM3 , o 6º ETA tem a missão de aplicar suas aeronaves em missões de transporte e apoio logístico. Em consequência disto é necessário dispor de meios, equipagens e equipes de manutenção para o manter suas aeronaves em condições de aeronavegabilidade para que seja possível cumprir as diretrizes estabelecidas pelo Comando da Aeronáutica.

As ações que envolvem esquadrões de transportes são coordenadas  diretamente ao Comando de Preparo (COMPREP), que além de outras atribuições,  é o órgão que gerência a aplicação dos esquadrões de transporte em todo Brasil em vistas das diversas missões atribuídas a FAB.

blank
Fotos de Divulgação: Agência Força Aérea Brasileira

3º ETA

blank

Esta data representa também a criação do 3º ETA que foi inicialmente designado para operar na Base Aérea do Galeão. Empregou as aeronaves C-47 Douglas e C-97 Brasília, sendo a primeira Unidade Aérea da FAB a operar o C-95 Bandeirante, FAB 2132, em 9/2/1973, recebendo, por isso, a denominação de Esquadrão Pioneiro. Hoje o Esquadrão opera na Base Aérea de Santa Cruz.

2º ETA

blank

O 2° ETA, Esquadrão Pastor, foi criado em 12/05/1969, juntamente com o ETA6 e ETA3 completam 52 anos. Ao longo de sua história, operou as aeronaves C-47 Douglas, C-45 Beechcraft e U-7 Sêneca. Atualmente sediado na ALA 10, em Parnamirim/RN, a Unidade emprega o C-95 Bandeirante, o C-97 Brasília e o C-98 Caravan.

Hoje comemoramos a aplicação dos Esquadrões de transporte em ações que não se limitam as aplicações militares mas no apoio à população brasileira. Atuando de forma continua na politica nacional de transporte de órgãos para transplante, ações humanitárias, transporte de vacinas, transporte de doentes e médicos, transporte de urnas eletrônicas e as mais diversas ações que necessitam de transporte aéreo.

Luiz Carlos Jr

Editor da Revista Vertical Plus

www.verticalplus.com.br – Sua Nova Revista de Aviação.

Apoio Defesa.TV