Honduras quer trocar duas aeronaves Grand Caravan por um C-130 e cinco UH-1H da Força Aérea Brasileira

blank

Parlamentares hondurenhos aprovaram no dia 30 de maio, um acordo de troca com o Brasil, de duas aeronaves Cessna 208EX Grand Caravan da Força Aérea Hondurenha (FAH), por um Lockheed C-130H Hércules e mais cinco helicópteros Bell UH-1H recondicionados da Força Aérea Brasileira (FAB).

Ainda como parte do negócio, junto com os helicópteros iriam um lote de peças sobressalentes, motores e equipamentos de incêndio. O acordo se fechado terá de ser uma troca, tendo em vista que as leis brasileiras não permitem doações desse tipo de equipamento, segundo fontes legislativas.

Honduras possui três aeronaves de transporte Cessna Grand Caravan, que foram doados pelos Estados Unidos para serem utilizadas em trabalho de reconhecimento e transporte. A última aeronave foi entregue em dezembro de 2018.

No entanto, a Força Aérea de Honduras não possui aeronaves de transporte pesado para pessoal ou carga, então a possibilidade de conseguir um C-130 foi avaliada. Analistas ouvidos apontam que Honduras na verdade precisa de aeronaves novas, que garantam uma vida útil longa.

Dentre todos os entraves para a realização da troca, o maior deles é os EUA, que precisam aprovar esse acordo, já que as aeronaves foram doadas para o governo Hondurenho. Por conseguinte, este “acordo de troca” provavelmente, ainda será muito criticado por especialistas de todas as partes envolvidas.

  • Com informações do site Scramble Magazine
  • Tradução e Adaptação: DefesaTV

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here