IMO e IAPH colaboram para apoiar a redução das emissões de GEE

Imagem: IMO

Uma nova parceria estratégica está sendo lançada para fortalecer a cooperação entre navios e portos para reduzir as emissões de gases de efeito estufa. A Associação Internacional de Portos e Portos (IAPH), uma aliança global de 170 portos e 140 organizações portuárias em 90 países, está se tornando um parceiro estratégico do Projeto GreenVoyage2050, um projeto de parceria entre o Governo da Noruega e a Organização Marítima Internacional (IMO) auxiliando na transformação da indústria naval em direção a um futuro de baixo carbono.

O Projeto GreenVoyage2050 visa apoiar os países em desenvolvimento a cumprir seu compromisso com as mudanças climáticas relevantes e metas de eficiência energética, conforme especificado na estratégia da IMO para a redução das emissões de gases de efeito estufa (GEE) dos navios. A parceria irá colaborar para fornecer conjuntamente cooperação técnica e atividades de capacitação para apoiar a implementação da resolução da IMO que incentiva a cooperação voluntária entre navios e portos para reduzir as emissões de GEE.

IAPH Managing Director Patrick Verhoeven commented: “We are delighted to embark on the GreenVoyage2050 project as a strategic partner. IAPH has already actively worked together with the IMO’s Marine Environment Division on the GEF-UNDP-IMO Global maritime energy efficiency partnerships (GloMEEP) project. We look forward to having our experts from the IAPH Climate and Energy Technical Committee join colleagues on the GreenVoyage2050 Project to assist member state countries on emissions reduction initiatives related to ports.”

O IAPH e o GreenVoyage2050 desenvolverão em conjunto vários pacotes de workshops sobre portos sustentáveis, explorando potenciais medidas e incentivos no porto para reduzir as emissões de GEE. Esses workshops serão lançados em portos selecionados de 12 países da Ásia, África, Mar Negro / Mar Cáspio, Caribe, América Latina e Pacífico como parte do plano GreenVoyage2050 para expandir as capacidades de gestão portuária nessas seis regiões prioritárias.

A colaboração também desenvolverá materiais de treinamento dedicados em Onshore Power Supply (OPS), apoiando os portos para avaliar a viabilidade e as principais considerações que precisam ser pensadas antes de fazer qualquer investimento.

A parceria visa demonstrar como os esforços nos portos podem apoiar as reduções gerais das emissões dos navios e ajudar a atingir as metas da IMO para a redução das emissões de GEE dos navios.

A colaboração com o IAPH baseia-se na parceria estratégica de sucesso estabelecida entre o IAPH e o Projeto GloMEEP, que terminou em dezembro de 2019. Um kit de ferramentas de emissões portuárias foi desenvolvido e implementado para países em desenvolvimento, que fornece orientação para portos que desejam desenvolver inventários de emissões específicas de porto e estratégias de redução de emissões.

Fonte: Maritime Executive



Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!