Inglaterra veta venda de caças FA-50 Sul Coreanos para Força Aérea Argentina

O veto se deu já que a aeronave possui muitos componentes fabricados neste país

blank

A empresa Korean Aerospace Industries (KAI) divulgou nota explicando que não poderá levar adiante, o programa de fornecimento de caças FA-50 Fighting Eagle para a Força Aérea Argentina, devido ao veto da Inglaterra, já que a aeronave possui componentes fabricados neste país.

blankOs novos aviões seriam os substitutos dos obsoletos Lockheed Martin A-4AR Fightinghawk, que não deverão permanecer por muito tempo em operação, já que suas células estão em final de vida útil. As alternativas seriam agora na mesma categoria, o italiano M-346, ou o russo Yak-136.

Comments are closed.