Integrantes do curso da Saab Aeronáutica Montagens concluem treinamento antes de viagem à Suécia

Os sete formandos do Saab Aeronáutica Montagens (SAM), que é um curso preparatório de montagem do Gripen, realizado nas instalações da Akaer, empresa de engenharia voltada para os mercados aeroespacial e de defesa, caminham para a próxima etapa de treinamentos práticos, chamados on-the-job, na Suécia.

Essa é mais uma fase do programa de transferência de tecnologia para o desenvolvimento do caça Gripen no Brasil. O curso tinha por objetivo acelerar o domínio da mecânica do trabalho e fazer com que os montadores se acostumassem às nomenclaturas, às documentações e à forma que se constrói todo o processo da fábrica.

“Recebemos feedback da Suécia de que as outras turmas que estão em treinamento tiveram uma adaptação bastante fácil por conta dessa etapa que antecedeu o embarque. O processo foi bastante satisfatório”, comemora Laércio Pereira, gerente de RH da SAM.

O time, que é o terceiro de profissionais da SAM, e o segundo de montadores aeronáuticos a seguirem para Linköping, na Suécia, será o primeiro a retornar após um ano de intensa imersão, para, efetivamente, dar início à produção das aeroestruturas na fábrica do Gripen em São Bernardo do Campo, Grande São Paulo.

No total, 34 funcionários, entre operadores, engenheiros e gerentes, cruzarão o oceano para receber uma grande injeção de tecnologia e inovação.

“Esse é um momento importante para a SAM e para os colaboradores que compõem a segunda turma. Fechamos mais um capítulo de preparação para a viagem à Suécia, onde o treinamento terá continuidade na fábrica”, explicou Marcelo Lima, diretor geral da SAM.

Na Suécia, o grupo estará inserido em uma situação real de trabalho, na linha de montagem do caça, na qual terão a oportunidade de conhecer todas as práticas de produção da Saab e serão responsáveis por trazer todo o conhecimento para desenvolver as habilidades no Brasil.

“Essa turma de montadores terá a vivência de um processo completo e enfrentará todos os desafios da produção do caça” disse Fernando Ferraz, vice-presidente operacional da Akaer.

“A parceria entre a Saab e a Akaer é frutífera para as empresas e para o país. Tratamos o projeto como um formador de profissionais mais completos e pessoas melhores, uma vez que esses jovens passarão por uma experiência de vida única ao se mudarem para a Suécia e permanecerem por lá durante um ano”, exaltou Bibiana Misumi, diretora de desenvolvimento organizacional da Akaer.

Essa experiência se propõe formar um montador aeronáutico responsável por toda a operação.

“Estamos formando um profissional capaz de atuar em todo o processo da montagem, ou seja até a inspeção final. Ele será responsável pelo todo, bem diferente do que o mercado de trabalho pratica”, completou Laércio.

Gabriel Gomes, integrante da segunda turma de montadores, fez os agradecimentos em nome da turma. “Esse é um momento muito especial para todos nós. Essa é uma missão de suma importância para nossa carreira, mas também para o desenvolvimento do nosso país”, agradeceu o aluno.

“Isso não seria possível sem o apoio e a imensa competência dos profissionais envolvidos no treinamento que se dedicaram a nos preparar para essa imensa jornada. Não mediremos esforços para valorizar, mostrar e colocarem prática tudo o que aprendemos aqui”, finalizou Gabriel.

  • Com informações da Saab


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below