Irã alega que desmantelou rede de espionagem da CIA e capturou 17 espiões

Na mídia iraniana, alegadas fotos de alguns dos 17 supostos agentes da Agência Central de Inteligência dos EUA (CIA) identificados e presos pelas autoridades da República Islâmica começam a circular. Imagem via Alahednews Liban.

O Irã anunciou na segunda-feira, através de diversas agências de notìcias àrabes, que desmantelou uma grande rede de espionagem da Agência Central de Inteligência dos EUA (CIA) e prendeu 17 agentes que trabalham em áreas sensíveis do país.

O diretor geral de contra-espionagem do Ministério da Inteligência iraniano informou que a prisão ocorreu em 18 de junho, em uma operação massiva, que resultou na prisão de 17 espiões treinados pela CIA atuando dentro do país e somente agora a operação foi finalizada.

Foi declarado que os acusados de espionagem eram funcionários de instituições sensíveis, econômicas, nucleares, militares e cibernéticas, bem como do setor público que trabalhava para essas agências como contratados. Um funcionário do Ministério iraniano também explicou que alguns dos detidos foram condenados à morte.

A nova informação vem dias depois que o secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irã, Ali Shamjani, anunciou no mês passado que o aparato de inteligência do país havia descoberto e desferido um golpe em uma rede de espionagem cibernética, que operou em vários países, sob a direção da CIA.

Um dia depois das declarações de Shamjani, o Ministério de Inteligência iraniano detalhou como desmantelou, pela primeira vez no mundo, uma rede de espionagem composta de agentes que servem a agência da CIA através da Internet.

Até o momento não existem maiores informações sobre o fato através de agências ocidentais o que leva a crer que pode se tratar de uma manobra de propaganda ou de caça à opositores do regime, que geralmente são acusados de espionagem para o agravamento de penas.

Na mídia iraniana, jà se divulgam alegadas fotos de alguns dos 17 supostos agentes da Agência Central de Inteligência dos EUA (CIA) identificados e presos pelas autoridades da República Islâmica.

Segundo a imprensa iraniana, as prisões do acusado ocorrem desde março passado, mas não foram divulgadas até segunda-feira, junto com fotos dos supostos espiões.

Além disso, nesta segunda-feira um vídeo foi divulgado em que, supostamente, um oficial da CIA aparece recrutando um iraniano nos Emirados Árabes Unidos. Segundo a Reuters, o vídeo mostra uma mulher conversando com esse homem em persa com um sotaque que parece ser americano.

A agência fez referência segunda-feira à revelação de certas imagens, embora não dos supostos espiões, mas de vários agentes da CIA que estariam em contato com eles.

Com informações via Alahednews, Aljazeera via redação Orbis Defense Europa.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below