Irã apreende navio de bandeira Panamenha alegando contrabando de combustível

De acordo com a mídia iraniana, por dia são contrabandeados cerca de dez milhões de litros de combustível

O Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC) apreendeu no golfo Pérsico um navio de bandeira do Panamá suspeito de contrabandear 300 mil litros de combustível, revela agência Fars.

Foi informado que além da carga, a tripulação da embarcação composta por 10 pessoas, também foi detida. A agência iraniana não fornece detalhes sobre a nacionalidade dos membros da tripulação e outros pormenores do incidente.

Os preços de combustível no Irã são dos mais baixos do mundo, isso devido a fortes subsídios e desvalorização de sua moeda nacional à medida que enfrenta sanções dos EUA. O país está combatendo o contrabando de combustível por via terrestre para países vizinhos e por via marítima para nações do golfo Pérsico.

De acordo com a mídia iraniana, por dia são contrabandeados cerca de dez milhões de litros de combustível, relata Reuters. Entre os incidentes mais recentes figura a apreensão em dezembro de 2019 pelo IRGC de um navio com 16 tripulantes malaios. No entanto, não se sabe sob a bandeira de que país a embarcação estava navegando.

  • Com informações de agências internacionais


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: