Israel tem 57.277 veteranos reconhecidos como deficientes, 5.000 sofrem de TEPT

Yom-Haatzmaut-practice. Imagem ilustrativa, via IDF Israel.

O Ministério da Defesa de Israel publicou dados que mostram 57.277 veteranos deficientes das Forças de Defesa de Israel (IDF) foram reconhecidos pelo departamento de reabilitação do Ministério, anunciou o ministério no domingo dia 15 (domingo é dia útil em Israel).

A cifra foi divulgada em homenagem ao 5º Dia anual de Reconhecimento aos veteranos feridos da IDF. O total inclui soldados que sofrem lesões físicas e mentais.

Além de soldados com ferimentos físicos, quase 5.000 veteranos das FDI foram reconhecidos pelo departamento de reabilitação como portadores de TEPT – Transtorno de Estresse Pós-Traumático, que está relacionado a exposição direta ou indireta a eventos traumáticos.

De acordo com os dados, daqueles em tratamento pelo departamento de reabilitação do ministério, 591 deles estão altamente deficientes e 817 ficaram feridos durante a Operação Protective Edge em 2014 – 516 dos quais têm uma taxa de incapacidade de 20% ou mais.

O ministério disse que todo veterano com deficiência do departamento é acompanhado por uma equipe de especialistas, bem como uma assistente social durante todo o processo de reabilitação, “a fim de fornecer a ele uma resposta médica, social, de emprego e relacionada a lucros abrangente”.

O “Dia do Reconhecimento” é “nossa oportunidade como estado de parar a corrida diária para homenagear aqueles que pagaram um alto preço pela segurança do estado”, disse o vice-diretor geral do ministério e chefe do departamento de reabilitação, Hezi Mishta.

Ele acrescentou: “A divisão de reabilitação preza todos os dias os veteranos com deficiência das IDF e trabalha para oferecer a eles o melhor atendimento médico, dar-lhes todos os direitos concedidos pela lei e ajudar a reintegrá-los à sociedade, escola e força de trabalho. Esta é a nossa missão. ”

  • Com informações do Israel 24I via redação Orbis Defense Europe.