Maduro ordena integração de jovens milicianos nas Forças Armadas Bolivarianas

Nicolás Maduro, ordenou na sexta-feira (17) a integração de jovens milicianos as Forças Armadas Bolivarianas da Venezuela, conforma anuncio pela televisão estatal. “Estamos num processo de alistamento e dei a ordem para melhorar o alistamento, para completar todas as praças das unidades militares até aos 2,3 milhões de milicianos; para que os mais jovens se incorporem às filas das Forças Armadas, como tropa regular e que se moldem como tropa profissional”, disse.

Nicolás Maduro repetiu o apelo feito em 02 de fevereiro passado, na Avenida Bolívar, para que os jovens acudam “aos centros de recrutamento, para se inscreverem para o serviço militar e para que [passem] de milicianos a soldados ativos do Exército venezuelano (…) Vamos, milicianos e milicianas. Inscrevam-se”, pediu.

Segundo Nicolás Maduro, estes jovens milicianos “já têm uma formação prévia, disciplina, moral, atitude e vocação militar”.

“E vamos conseguindo cada vez mais uma união cívico-militar, em termos concretos, entre a força profissional das nossas FAB, o seu corpo armado nacional e a nossa milícia, como componente completar, porque é um complemento em armas”, disse.

O governante explicou que as Forças Armadas e a Milícia Bolivariana vão ser uma só força: “Um só poder, para garantir que a nossa pátria continue em paz em qualquer circunstância, a paz como valor máximo de todo o esforço”.

Segundo nota de imprensa do Ministério de Comunicação e Informação, “esta medida permitirá cobrir na totalidade as unidades militares no país, com homens e mulheres na disposição de defender a pátria, assim como potenciar os mecanismos para assegurar a defesa integral da nação”.

À crise política na Venezuela soma-se uma grave crise econômica e social, que já levou mais de 2,3 milhões de pessoas a fugirem do país desde 2015, de acordo com dados das Nações Unidas.

  • Com informações da Agência Lusa


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below