Marinha chinesa busca aprimorar seu caça naval J-15 com novas tecnologias

A empresa de aviação militar chinesa, Shenyang, estaria produzindo um novo lote de caças J-15 (versão naval) para serem utilizados em seus porta-aviões. Este novo lote deve contar com uma série de melhorias consideráveis.

Segundo a revista Military Watch, a PLA Navy (Marinha chinesa) segue na busca de aprimorar seus caças navais com tecnologias de 6ª geração, e desta vez o J-15 estão sendo equipados com perfis que terão 70% menos superfície detectável por radares.

O J-15 entrou em operação em 2012 e, desde então, vem passando por diversos testes rigorosos e treinamentos a bordo do porta-aviões Liaoning. Além disso, o caça será equipado com novos motores WS-10, que serão mais potentes, melhorando seu desempenho tanto de voo quanto de decolagem.

O J-15 irá receber um radar AESA, que irá se tornar compatível com os diversos tipos de novas armas, como o míssil ar-ar PL-15, que possui alcance de 200 km.

Além das armas, a aeronave ainda poderia contar com adaptações para o sistema de lançamento eletromagnético, já que os próximos porta-aviões chineses deverão utilizar estes sistemas de lançamento.

  • Com agências internacionais

You may also like