Marinha do Brasil apoia as ações de resposta às enchentes no Norte do Rio de Janeiro

Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia”

A Marinha do Brasil (MB) deslocou, na manhã desta terça-feira (28), o seu segundo maior navio da Esquadra para ser empregado em apoio às ações de resposta às enchentes que afligem o norte fluminense.

O Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia”, que participava da 3ª Fase da Operação “Amazônia Azul- Mar Limpo é Vida!”, desatracou hoje de Vitória-ES  e dirigiu-se para a costa norte do Estado do Rio de Janeiro, onde apoiará as ações com suas aeronaves, já a partir desta tarde.

O “Bahia”, com comprimento de 168m e deslocamento de 12 mil toneladas, dispõe de dois conveses de voo, capazes de operar, ao todo, 3 aeronaves simultaneamente.

Saúde

O navio é dotado de um complexo hospitalar com 500m² e 49 leitos, que lhe confere grande capacidade de apoio médico, com acesso direto ao convés de voo principal, permitindo que helicópteros realizem evacuações aeromédicas de urgência.

Além de duas salas de cirurgia, conta ainda com consultórios médicos e odontológico, laboratório de análises clínicas, sala de raio X, centrais de oxigênio e de esterilização, leitos de unidade de queimados, de terapia intensiva, de estabilização/pré-operatório, isolamento e 24 leitos de enfermaria.

O “Bahia” foi projetado para transportar tropas, veículos, helicópteros e cargas diversas, agindo em grandes áreas oceânicas. Devido a essas características, é vocacionado para atuar em missões humanitárias e de resposta a desastres naturais.

Durante as ações, o “Bahia” empregará uma aeronave UH-15, Super-Cougar, que já se encontra a bordo, e um helicóptero UH-12, Esquilo, que será deslocado da Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia, no Rio de Janeiro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Com informações doCCSM 




Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail