Marinha do Brasil avança no projeto de construção do submarino nuclear

O contrato será firmado entre a Nuclep, junto à Marinha do Brasil (MB) e a Itaguaí Construções Navais (IC), construtora do submarino

blank
Estrutura de um dos quatro submarinos convencionais, sendo produzido pela Itaguaí Construções Navais

A empresa Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A (Nuclep), estatal de equipamentos pesados ligada ao Ministério de Minas e Energia (MME), planeja fechar nos próximos dois meses o contrato para a produção do casco externo do submarino de propulsão nuclear da Marinha.

A estimativa é que a obra custe em torno de R$ 200 milhões, O contrato, será firmado junto à Marinha do Brasil (MB) e a Itaguaí Construções Navais (ICN), que constrói a embarcação, marcando assim o início dos trabalhos na estrutura, do que será o primeiro submarino do tipo do Brasil.

blank
Casco deverá custar R$ 200 milhões e será a primeira parte do submarino a ser montada Marinha do Brasil/Divulgação
Leia mais em: https://veja.abril.com.br/blog/radar/casco-do-submarino-nuclear-sera-contratado-nos-proximos-dois-meses/

A expectativa é que o submarino esteja pronto só em 2029. Atualmente, o projeto está na fase de construção do protótipo em tamanho real onde a tecnologia será testada ainda em terra. O casco será o primeiro componente comprado que integrará a estrutura final da embarcação.