Marinha do Brasil divulga balanço das ações de combate ao óleo no mar

blank
Entrevista coletiva realizada em Recife-PE

A Marinha do Brasil (MB) realizou na última sexta-feira (25), coletiva de imprensa para divulgação das ações realizadas pelo Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), no combate ao óleo no mar. O comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Leonardo Puntel, afirmou que todos os esforços continuam voltados para a limpeza das praias do Nordeste.

“Nossos Fuzileiros Navais e marinheiros, assim como os soldados do Exército e da Força Aérea, já trabalharam e estão trabalhando em várias praias. Hoje, mais precisamente, as ações ocorrem em Sirinhaém e Jaguaribe, na Ilha de Itamaracá e, efetivamente, já conseguiram deixar essas localidades 90% limpas”, afirmou o Almirante Puntel.

Participaram também da coletiva o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o Presidente do Ibama, Eduardo Bim, entre outras autoridades. Na coletiva realizada na sede da Capitania dos Portos de Pernambuco, as autoridades falaram sobre as investigações da origem do material, as áreas atingidas e as ações para limpeza das praias.

O Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, declarou a importância dos esforços conjuntos para a garantia da limpeza das praias. “O objetivo é justamente esse, que a União, Estado, Municípios, a própria população civil, que tem sido um grande braço forte, os voluntários, somem esforços para vencermos esse momento, que, certamente, é um momento de dificuldade aqui nas praias do Nordeste”, declarou.

Navios da Marinha atuam no recolhimento

Os navios da Marinha do Brasil recolheram, desde o início das ações de combate às manchas de óleo no Nordeste, 2.700 quilos de resíduos nos estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, que compõem a área de jurisdição do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN).

Estão sendo utilizados até o momento, no mar dos cinco estados nordestinos, os Navios-Patrulha: “Macaé”, “Macau”, “Guaíba”, “Goiana”, “Graúna”, “Gravataí”, e “Bocaina”; o Navio-Balizador “Comandante Manhães”; a Corveta “Caboclo”; e o Navio de Desembarque de Carros de Combate “Almirante Saboia”.

Monitoramento Diário

Diariamente, as equipes das Capitanias dos Portos, Delegacias e Agências subordinadas monitoraram a área costeira da Bahia e Sergipe, em coordenação com órgãos ambientais e prefeituras da região. Também são empregadas equipes de Fuzileiros Navais na área costeira de Salvador e na área interna da Baía de Todos-os-Santos.

  • Com informações e fotos do CCSM, via 3° DN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here