Marinha do Brasil e Francesa realizam exercícios combinados durante “Operação Joana D’arc”

Militares de ambos países desembarcam na Ilha da Marambaia por meio de um catamarã francês

A Marinha do Brasil e a Marinha Nacional Francesa realizaram a “Operação Joana D’arc”, no início de maio, que consistiu em exercícios combinados de desembarque para cerca de 250 militares brasileiros e franceses, por meio de Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) e de Embarcações de Desembarque de Carga Geral.

Foram feitos também adestramentos no mar, durante a PASSEX, com a participação dos navios da Esquadra Brasileira, todos na área marítima entre a cidade do Rio de Janeiro e a Marambaia, no Rio de Janeiro. A operação faz parte de uma conduta de exercícios navais entre as duas Marinhas e envolve diferentes meios.

Entre eles pode-se destacar, os navios franceses: BPC “Tonnere”, BSAH “Seine” e a Fragata “La Fayette”; e os navios brasileiros: Navio de Desembarque de Carros de Combate (NDCC) “Almirante Saboia”, Porta-Helicóptero Multipropósito (PHM) “Atlântico”, Fragata “Independência”, Navio de Patrulha Oceânico “APA” e a Embarcação de Desembarque de Carga Geral “Marambaia”, além de aeronaves UH-12, UH-15 e SH-16.

Essa também fora uma oportunidade de trocar conhecimento, aperfeiçoar e colocar em prática as doutrinas militares pré-estabelecidas para os treinamentos propostos. Assim como promover o intercâmbio cultural entre os militares das duas nações.

Companhia de Apoio ao Desembarque realiza adestramento

Ainda no escopo da ‘Operação Joana D’Arc’, a Companhia de Apoio de Desembarque (CiaApD) participou de um Intercâmbio com militares do Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha da Francesa.

O adestramento iniciou-se no Complexo Naval da Ilha das Flores, onde integrantes da Marinha amiga conheceram as tarefas da Organização Militar, bem como os meios e equipamentos empregados em proveito dos Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais para apoio ao desembarque por superfície e por helicópteros, no âmbito das Operações Anfíbias.

No dia 7 de maio, os Destacamentos compuseram uma única organização por tarefas, apoiando o desembarque de meios e efetivos empregados na Operação Joana D’Arc.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Com informações do Centro de Comunicação Social da Marinha

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below