Marinha do Brasil estuda transferir submarinos Classe Tupi e Tikuna para o Complexo Naval de Itaguaí

Submarinos Tapajós (S33) e Timbira (S32), durante cerimônia do Centenário da Força de Submarinos (2014), na Base Naval Almirante Castro e Silva - Foto: Anderson Gabino
Voiced by Amazon Polly

Foi noticiado pelo site IHS Jane´s que o Comando da Força de Submarinos (ComForS), estuda possibilidade de transferir seus submarinos diesel-elétrico Classes Tupi e Tikuna, da Base Naval Almirante Castro e Silva (BACS) para o novo Complexo Naval de Itaguaí (CNI). Se de fato a transferência for efetivada, a BACS que fica em Niterói (RJ), deverá ser utilizada como unidade de apoio ao Comando da Força, realizando apenas serviços básicos aos submarinos. Segundo o Jane´s, as obras de conclusão do complexo de Itaguaí tem previsão para o ano de 2022. O Local está sendo preparado para receber os submarinos convencionais diesel-elétrico da Classe Riachuelo e o de propulsão nuclear S-NBR Álvaro Alberto. A base naval e as instalações que estão sendo construídas no complexo, fazem parte do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB) da Marinha do Brasil, que tem um valor total estimado em R$ 35 bilhões.

  • Com informações do site IHS Janes, Por Victor Barreia
  • Tradução e Adaptação: Anderson Gabino (DefesaTV)

7 COMENTÁRIOS

  1. Sim pode até transferir só que deve se pensar nos PNR para abrigar todo esse efetivo. A Marinha não cria suas base c/ a visão lógica da FAB ou do EB. A vila branca não tem apartamentos pra todo esse pessoal. Daí faz se a necessidade de construir um conjunto habitacional ao lado da Base de Itaguaí. Uma Villa Branca 2

    • Por quê? O “público” é o contribuinte brasileiro, que merece ser informado sobre o que é feito com os recursos de seus impostos. Não há nada de secreto em mudar a base de seus submarinos. Aliás, a Base em Itaguaí tem o estaleiro de submarinos ao lado e estará muito mais preparada para apoiar os navios.

  2. Depois de um advento denominado satélite, não tem sigilo algum.
    Todo mundo, sabe o que o outro tem e onde. Visão termal, outros sensores e toda tecnologia de prospecção dos principais players do mundo sabem onde estão cada alfinete do outro.
    Esconder o “quê”? Como usar é o ” pulo do gato “!

  3. bom seria se fosse realmente verdade, pois do jeito que estão demitindo funcionários , que foram qualificados para esse projeto, não deve sobrar muitos ate 2020.
    tomara que mude isso e recomecem a contratar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here