Marinha do Brasil realiza salvamento de tripulantes de navio mercante com vazamento de gás

blank
Tribulantes de navio são ressgatados pela Marinha depois de passarem mal, no ES — Foto: Luciney Araújo/ TV Gazeta

Cinco tripulantes de um navio de bandeira estrangeira passaram mal na última quinta-feira (18) e dois acabaram morrendo na embarcação, que passava próximo à costa do Espírito Santo. Os outros três (dois ucranianos e um russo) foram socorridos e levados para hospitais da Grande Vitória. A suspeita é de que eles tenham inalado um gás tóxico.

O resgate fora realizado por uma equipe do Grupo de Busca e Salvamento (GSAR), com apoio de um helicóptero UH-15 Super Cougar, do Esquadrão HU-2 da Marinha do Brasil (MB). O salvamento foi altamente complexo devido as condições do mar e o número de vítimas a serem resgatadas, porém em um entrosamento perfeito das equipes, fora conseguido êxito na missão.

O navio mercante “AP Dubrava” tem bandeira das Ilhas Marshall e partiu de San Lorenzo, na Argentina, e tinha como destino Las Palmas, território espanhol que fica na costa africana.

O Espírito Santo não fazia parte da rota do navio, mas, depois que tripulantes passaram mal, a Agência Marítima da embarcação solicitou socorro no final da tarde de quarta-feira (17). O navio estava a 160 milhas náuticas da costa do Espírito Santo (cerca de 296 quilômetros).

A MB informou que o navio pediu aproximação de Vitória para recompor a tripulação e informou que dois outros tripulantes morreram a bordo.

Confira a Nota Oficial da Marinha:

“A Capitania dos Portos do Espírito Santo (CPES) recebeu a informação nesta quarta-feira (17) sobre fato da navegação envolvendo quatro tripulantes do Navio Mercante “AP DUBRAVA”, bandeira Ilhas Marshall, que partiu de San Lorenzo (Argentina) e tinha como destino Las Palmas (Espanha). O serviço de Busca e Salvamento da Marinha do Brasil foi acionado para o resgate dos tripulantes da embarcação, dando início a operação que conta com uma aeronave da MB e o apoio da CPES. Três tripulantes foram resgatados e transportados por aeronave da Marinha do Brasil até a Capitania dos Portos de onde seguiram para tratamento nos hospitais da Grande Vitória”.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Realmente a Marinha desempenha esse brilhante trabalho de estabilidade e salvamento de vidas o que fundamenta sua visão soberana de um País de todos e por todos, sem acepção de pessoas este é o nosso Brasil maravilhoso e glorioso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here