Marinha do Brasil resgata tripulante de navio mercante

Aeronave UH-15 realizou o transporte do tripulante

No dia 16 de novembro, o Navio Mercante “Cape Magnólia”, de bandeira panamenha, que navegava de Sepetiba (RJ) para Singapura, entrou em contato com o Salvamar Sueste, estrutura orgânica responsável por Operações de Busca e Salvamento do Comando do 1º Distrito Naval, solicitando o resgate de um tripulante que havia sofrido trauma na área frontal da cabeça e na nuca.

O navio, que estava a cerca de 360 milhas náuticas (667 quilômetros) a sudeste do Rio de Janeiro (RJ), foi orientado a alterar a navegação, de forma a possibilitar que a Aeronave de Serviço da Esquadra efetuasse uma Evacuação Aeromédica (EVAM).

Durante o período de deslocamento, um médico da Marinha prestou serviço de assistência por telemedicina e auxiliou a estabilizar o quadro de saúde do tripulante.

Assim, na manhã do dia 17, a 150 milhas náuticas (278 quilômetros) a sudeste do Rio de Janeiro, uma aeronave UH-15, pertencente ao 2º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, sediado em São Pedro da Aldeia (RJ), realizou o resgate e transporte do ferido para o aeroporto Santos Dumont.

O tripulante foi imediatamente encaminhado a um hospital, onde realizou exames médicos e, após ser submetido a duas cirurgias, se encontra em recuperação.

Fonte: CCSM



Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: