Marinha, Exército e Aeronáutica juntos no exercício de guerra simulado AZUVER

Oficiais-Alunos das três escolas de Altos Estudos Militares das Forças Armadas (Escola de Guerra Naval – EGN, Escola de Comando e Estado-Maior do Exército – ECEME e da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica – ECEMAR) participam, desde o dia 23 de setembro até 6 de novembro, do exercício de guerra simulada AZUVER, no Rio de Janeiro (RJ).

O Exercício retrata a disputa entre dois países, Azul e Vermelho, que lutam por uma determinada região. O treinamento tem o grande objetivo de fazer com que os oficiais-alunos destas Escolas de Guerra e Comando planejem e empreguem a expressão militar do Poder Nacional de forma conjunta e integrada, neste cenário fictício.

Os oficiais-alunos colocam em prática os ensinamentos adquiridos durante os respectivos cursos, exercendo todas as funções e tarefas, tanto aquelas de um Estado-Maior Conjunto, quanto de uma Força Componente, seja esta Naval, Terrestre ou Aérea. O AZUVER é divido em três etapas.

Na primeira delas, de forma conjunta, os alunos das três Escolas realizam o Exame de Situação, no qual são propostas as Linhas de Ação para o cumprimento da missão.

Na segunda etapa, denominada Planos e Ordens, é elaborado o Plano Operacional, também conhecido como “Plano de Campanha”, o qual detalha e regula as operações militares, no âmbito do Teatro de Operações.

Na terceira etapa, chamada de Controle da Operação Planejada é realizada no âmbito de cada Força Componente um planejamento tático. Nessa fase, em cada escola, ocorre a simulação dos engajamentos propriamente ditos, por meio de Sistemas de Simulação de Guerra.

Este ano o AZUVER traz algumas novidades. Pela primeira vez há a participação do Curso Avançado de Operações Psicológicas integrando as células de Operações de Informação dos estados-maiores compostos para o exercício.

Enfatizando ainda mais a importância do “terreno humano” e da dimensão informacional. O exercício conta com um site simulado de notícias, coordenado pelo Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER), criando condições para que os comandos conjuntos possam se preparar para o combate moderno, no complexo ambiente informacional.

Em sua 29ª edição, o AZUVER deste ano consolida, ainda, o trabalho de revisão do Manual Doutrina de Operações Conjuntas (MD30-M-01), conduzido pela Comissão Interescolar de Doutrina de Operações Conjuntas, órgão da Escola Superior de Guerra (ESG), no Rio de Janeiro.



Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

1 COMENTÁRIO

  1. O que vimos na oportunidade da greve dos caminhoneiros ano de 2018 é que para solucionar o caos total do Brasil o Alto Comando das Forças Armadas monitorando as redes sociais, ouvindo o cidadão providenciou num caso excepcional a sua liderança e colocou ordem operacional em prática e junto a população começou a estar no meio do povo e com um plano tático atuar áreas essenciais contornando com serenidade e dando segurança emocional e condições psicológicas de sustentação por “aparelhos” até que o organismo político voltasse de um surto de corrupção generalizado, que praticamente faliu o País, só conseguimos superar a maior crise da história do Brasil assim, registro histórico Cidadão…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here