Milícias iranianas ameaçam EUA afirmando que células terroristas estão em Washington-DC

blank
Imagem via MenriTV.

Google News

Desde 28 de fevereiro, o Kawtheryoon Electronic Team, um canal do Telegram afiliado a grupos armados apoiados pelo Irã no Iraque, alertou os EUA que suas tropas não estarão seguras no Oriente Médio ou dentro dos próprios EUA se não retirarem do Iraque.

Em uma postagem do Telegram, o canal afirmou que o Eixo da Resistência, termo usado para se referir ao Irã e seus aliados, tem células ativas dentro dos Estados Unidos, inclusive em Washington, DC.

“As células de resistência estão enraizadas até mesmo na América e em sua capital”, disse a Equipe Eletrônica Kawtheryoon no post. “Ó inimigo americano, você deve se retirar não apenas do Iraque, mas de todo o Oriente Médio.”

O post também alertou Israel que o Eixo da Resistência tem “milhares de homens” que podem se levantar para substituir Imad Mughniyeh, o principal líder militar do Hezbollah que foi assassinado na capital síria, Damasco, em 2008.

Uma foto bastante editada mostrando vários caixões cobertos com bandeiras dos EUA e uma série de foguetes caindo sobre Israel foi anexada ao poste.

blank
Fonte: https://www.memri.org/jttm/telegram-channel-affiliated-iran-backed-militias-iraq-we-have-resistance-cells-capable

A Equipe Eletrônica Kawtheryoon concluiu sua postagem com uma mensagem para os EUA e Israel, dizendo que o Eixo da Resistência desferirá golpes dolorosos em cada um e que a morte do Comandante da Força Quds do Irã, Qassem Soleimani, e do Subcomandante das Unidades de Mobilização Popular do Iraque, Abu Mahdi Al-Muhandis não os ajudará a escapar do “tormento” que os espera.

As forças pró-iranianas vêm atacando as tropas americanas no Iraque há mais de um ano. Esses ataques, que visam empurrar os Estados Unidos para fora do país, provavelmente não vão parar tão cedo.

De acordo com investigações efetuadas pelo FBI durante o governo Trump, a ameaça de existência de células ou até mesmo de grupos organizados de terroristas islâmicos das mais diferentes facções é uma realidade ameçadora, e que foi facilitada pelo governo anterior do ex-presidente Obama em sua política de facilitação de imigração de refugiados de oportunidade, oriundos dos países do Oriente Médio para os EUA.

Também de acordo com o FBI em relatórios efetuados durante o governo Trump, a situação certamente foi potencializada pelas colaborações entre redes de máfias chinesas de imigração ilegal e fornecimento de documentos falsos de alta qualidade fornecida pela China. E para piorar a situação existem informações da colaboração direta de movimentos autointitulados “antifas, anarquistas, e outros da extrema esquerda inclusive o BLM e seus associados prestando algum tipo de apoio para movimentos do terrorismo islâmico dentro e fora dos EUA.

US Customs CBP apreende milhares de documentos falsos despachados da China para os EUA

  • Com informações Menri TV, Al Jazeera, SANA Syria, Arab World, AFP, France24 News e STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: