Militares brasileiros capacitam tropa colombiana em Técnica de Desminado Canino

O adestramento foi ministrado pelo GATI-CO é responsável pelos Cursos de Monitores Nacionais em Desminagem Humanitária na região colombiana

blank

Foi realizado na Colômbia, entre os dia entre 4 e 8 de março por militares brasileiros, a capacitação de militares do Exército colombiano em Técnica de Desminagem Canina (TDC).

A capacitação foi ministrada pelo capitão-tenente, Gustavo Lopes da Silva Freitas, da Marinha do Brasil, e o Major Cláudio Santos Bispo, do Exército Brasileiro, integrantes do Grupo de Assessores Técnicos Interamericanos na Colômbia (GATI-CO), conduziram simulações no Centro de Treinamento Canino do Exército Nacional da Colômbia.

O processo é usado para remoção de explosivos em determinadas áreas, a fim de prover segurança para que as terras voltem a ser ocupadas pela população. No caso da Técnica de Desminagem Canina, cachorros são utilizados como apoio.

blankOs instrutores apresentaram normas nacionais e internacionais sobre a técnica e os procedimentos para a seleção e treinamento dos animais que fazem a detecção de artefatos.

O Capitão Gustavo explicou que “a utilização do cachorro em operações de desminagem na Colômbia é bastante eficaz devido a agilidade, inteligência, facilidade de aprendizado dos animais, durante os adestramentos e boa disposição quando empregados nas operações”, afirmou.

O GATI

O Grupo de Assessores Técnicos Interamericanos na Colômbia foi formado em acordo bilateral com o Brasil para ampliar a capacidade de remoção de minas e explosivos. O GATI-CO atua de forma permanente na capacitação de instrutores de Desminagem Humanitária para a formação de militares empregados nas operações.

  • Com informações e fotos GATI-CO